Efeito Borboleta

Em nenhum momento merecemos a vitória este fim de semana. Isso resume o reporte e talvez você deva parar de ler por aqui para não se zangar comigo. Mas, se você é como eu e não deixou de assistir a prova após o trabalho de pitstop mais ridículo do ano, vamos nessa.

Há coisas boas em Valência, o público não se mede em quantidade…

Em primeiro lugar, não podemos – a despeito do abandono – deixar de registrar que o RB8D era, em média, 0,8 s/volta mais rápido que todos os outros. Já estamos nos cansando de ver todos os carros com evoluções (algumas irregulares: o F2012 está cheio de apêndices aerodinâmicos – já viram que até o retrovisor virou asa?) e o MP4-27B sendo deixando para Silverstone.

Em segundo lugar, a corrida. Como nunca antes tivemos em Valência, emoção em demasia. Mas não para os carros prateados. Lewis em uma abordagem discreta e poupadora de pneus (que eu já disse que não considero a ideal para ele). Jenson vergonhosamente sofrendo com um carro que claramente não atende às suas necessidades.

Lewis lutou, fez o que pode para tentar sempre estar potencializando seus pontos – em uma pista onde Red Bull, Lotus e Ferrari eram superiores. Button e entregou e assumiu que não poderia entregar mais do que entregou.

Precisamos atravessar a ponte e chegar no outro nível das evoluções do carro

 

O safety car veio para agrupar todos, a essa altura Vettel (muitos) e Grosjean (já alguns segundos) à frente de Lewis. O óbvio era parar sob bandeira amarela. Mas, pasmem, a Mclaren conseguiu o de sempre fazer a troca de Lewis em mais de 30 segundos – eu não sei o que ele vai dizer depois da prova, mas eu não guardaria para amanhã, faz mal, é melhor xingar tudo e todos de uma vez… – enquanto todas as outras equipes trabalharam próximas de 20 segundos. Lewis voltou em sexto…

A ordem era: Vettel, Grosjean, Alonso, Ricciardo, Kimi e Lewis.

Vettel quebrou! Grosjean quebrou! Era para Lewis ter estado em primeiro a essa altura – daí a m… do título desse post: o que se faz no passado, reflete no futuro…ah se o pit tivesse sido decente.

Depois daquele pit, eu só queria que esse helicóptero me levasse embora…

Lewis, certamente muito agradecido, assumiu a segunda posição atrás de Alonso e à frente de  Kimi com Maldonado em quarto. E assim foi até faltar pneu há 3 voltas do fim quando Kimi passou Lewis.

O espírito de lutador não pode ser considerado culpado. Quem admira isso quando dá certo, não deveria criticar quando dá errado. Mas os verdadeiros amigos devem falar a verdade: Lewis não deveria ter lutado nem com Kimi, nem com Pastor. A Pirelli não fez essa F1 para isso.

Bateram, culpa do Maldonado – na minha opnião – mas o fato é que zerou essa prova, o que Alonso não costuma perdoar. Jenson em um discreto 8º lugar (mais do que merecia). E um pódio histórico com Alonso, Kimi e Schumacher nas 3 primeiras posições.

 

Resultado final atualizado após as punições

Pilotos:
1. Alonso 111
2. Webber 91
3. Hamilton 88
4. Vettel 85
5. Rosberg 75

Equipes:
1. Red Bull-Renault 176
2. McLaren-Mercedes 137
3. Lotus-Renault 126

About Will Mesquita

José Wilson de nascença e Will de espírito. Trabalho pela minha vida, então não dispenso uma boa leitura, uma boa corrida, um bom futebol, uma boa comida e uma boa praia. Imagino que seja um bom amigo, um bom goleiro e um bom filho. Um cara legal, mas não bobalhão.

86 Comments

  1. Muito frustrante esse domingo… Alonso agora sumiu na ponta do campeonato, e em uma pista em que Vettel não pontuava foi uma chance desperdiçada.

  2. Agora que estou mais calmo.. vamos lá

    Fernando Alonso Gênio. Agressivo ao extremo, fazendo mágica, contando com a sorte de Campeão. Venceu. Como descrever esse magnifico piloto?

    Hamilton. Andando mais que o carro, mesmo com a equipe fazendo aquela burrada (como de costume) nos box, ele não desanimou, e ficou ali na 2ª posição. Pena que os pneus acabaram. Talvez não deveria arriscar, mas, arriscou. Infelizmente. Mas o cara é guerreiro, e mostra que depois de Fernando Alonso, vem ele no rol dos melhores dessa F1 atual.

    Vettel. Grosjean. Putz, que azar. Mas esse carro da RedBull é fogo, cheio de traquitanas e com uma vantagem absurda em Valência. Espero que esse domínio acabe por aqui.

    Os brasileiros? Ah Kobayashi, tava de mal com “nós” hoje?

    E essa corrida.. sem comentários.

    Precisa dizer que essa é a melhor temporada de todos os tempos?

    Alguém pode me responder qual foi a melhor corrida de 2012? Porque eu sinceramente, não sei.

    E que chegue logo o GP da Inglaterra.

    • Canadá! Por óbvias razões…rs

      Alonso é o cara. Certamente faz falta na McLaren – pena que 2007 foi o que foi (Efeito Borboleta…rs).

      McLaren a parte, gostei do pódio e da prova em geral. Tudo muito emblemático e emocionante. Entretenimento nota e 10 e cada vez mais animado para ver Interlagos ao vivo e presente fisicamente.

      Acho errado o Salo ser comissário, conflito total de interesses (Bottas x Senna), mas no caso achei o Bruno errado.

      Em geral, tendo a achar que quem não tem pneus não deveria segurar o pelotão sem condições.

      • “Acho errado o Salo ser comissário, conflito total de interesses (Bottas x Senna)…”

        N se galvanize, amigão, n se galvanize…
        O Rato já foi comissário, etc, etc.
        Bottas nem correndo está.

        • Rsrsrsrs, não, não, longe disso.

          Acho que o risco é grande para ele. Mesmo o Bottas não correndo ele faz parte de uma equipe.

          O Rato não tem vínculo profissional com nenhum piloto, o Salo é manager do Bottas.

          Mas a decisão dele eu achei correta, o Bruno mereceu a punição.

  3. Concordo plenamente com vc Will, Maldonado errou, mas o Hamilton poderia ter relevado essa e ter tirado o pé, visando o campeonato. Tenho a cisma de que tudo isso aconteceu porque comemorei muito o abandono do Vettel. Aí já viu né?

    Enfim, fui do céu ao inferno nesta prova em diversos momentos.

    Agora, Alonso com 23 pontos de vantagem. Ficou difícil. Teremos que vencer muitas corridas para recuperar e ainda contar/torcer com um abandono da Ferrari.

    Não vou nem falar do pitstop.

    Decepção.

  4. A verdade é que estou mesmo desesperado. Muito descontente. Essa corrida mudou a cara do campeonato. Não consigo parar de pensar nesta vantagem de 23 pontos. Disputado como está o campeonato, isso é um abismo.

  5. É isso mesmo. Não lembram como ele quase ganhou em 2010? Isso não poderia ter acontecido.

    Gente, o que está acontecendo cmg hoje. Até agora não me confirmei. Estou bravo e chateado. Já xinguei todas.

  6. Quando Kimi chegou em definitivo, acho q faltou a equipe dizer “Let him go, Lewis, and nurse your tyres. We still can get a podium. Remember after safety car we were P6. Vettel is out, and we’re fighting for WDC”.
    Bueno, falar isso agora é fácil….
    Percebi q o carro começou a sambar pra todos os lados depois daquela puta travada antes da curva 25 quando ainda se defendia do filandês.
    Qq ponto é melhor q nenhum ponto. N valia a pena se defender de Maldonado, sabendo q ele é quem é.

    • Infelizmente, a pura verdade…

    • Verdade, depois daquela travada o carro balançou geral.

      Talvez Hamilton conseguisse segurar Maldonado na última volta. Talvez não. O fato está consumado e perdemos pontos preciosos.

      Agora é torcer para que daqui para frente as coisas comecem a dar certo e os erros desapareçam.

  7. O Alonso realmente é muito bom. Mas há que reconhecer que ele sempre ganha com erros alheios.

  8. Cabeça inchada total hoje.

    Vou com o Will e LM nessa.

    Não havia mais pneus. O Lewis deveria ter deixado o Maldonado passar. Erro do Pastor no momento da batalha, mas erro de avaliação do Lewis em não relembrar que Kobayashi, Grosjean (em nível menor) e Maldonado são idiotas ambulantes, com ótimos carros, mas que pilotam contra os ponteiros como quem pilota no meio do grid.

    O primeiro erro do Lewis esse ano – na minha opinião.

    Acho que no fim sobrou a emoção do Alonso no pódio. Ele vai arrastando a Ferrari pelos colarinhos até as vitórias.

    Salvou minha extrema frustração esse domingo.

    • Ver o Alonso pilotando é sempre bom. É aquele prazer amargo, como era admirar a perícia de Alain Prost.

    • Will: “…o que se faz no passado, reflete no futuro…”

      Becken: “…Lewis deveria ter deixado o Maldonado passar. Erro do Pastor no momento da batalha, mas erro de avaliação do Lewis em não relembrar que Kobayashi, Grosjean (em nível menor) e Maldonado são idiotas ambulantes…”.

      Concordo com o Will e discordo radicalmente do Becken.

      Não interessa se o Pastor errou. Tudo isso poderia ter sido evitado.

      O Hamilton poderia ter garantido o terceiro lugar e nem ser visto pelo Maldonado. Bastaria ter deixado o Raikkonen passar quando faltavam 12 ou 15 voltas para o final e ir brigar com o Alonso lá na frente. Bem longe e à frente do Maldonado ele (Ham) assistiria a briga dos dois (Alonso x Kimi) de camarote, e ainda com a chance (remota, claro) de ganhar a corrida caso os dois se enroscassem.

      Mas ele preferiu embaçar a corrida do Raikkonen, acabar com os próprios pneus e esperar o Maldonado para com ele brigar (sem pneus) com um carro (do Maldonado) muito mais rápido do que o dele. Deu no que deu. MERDA!

      Isso tudo independentemente da caca que a equipe fez com ele. Mas, eu já perdi a paciência com o Hamilton. Ele realmente não tem cérebro para pensar corretamente por si só nem para se reprogramar diante de situações adversas.

      Os pontos e o podium seriam importantes para o Hamilton, mas se fazer merda e morrer na praia é característica de idiotice, o Hamilton realmente é o melhor representante da classe, porque é a milionésima vez que ele faz merdas assim.

      Abs.

      • “Não interessa se o Pastor errou. Tudo isso poderia ter sido evitado.”

        É esse o ponto crucial da história…

        Independente disso, tem um livro chamado ‘A arte de correr na chuva’ – nada demais, mas divertido – onde se fala de uma das lições de pilotar:

        ‘Nunca DEIXAR o carro de trás passar, se ele está mais rápido que ele CONSIGA passar’

        Mas certamente essa galera não sabe como os pneus Pirelli funcionam, quando esses pneus acabam, ele ACABAM mesmo. Nada se pode fazer.

        E o Lewis não teve cabeça e nem o suporte de engenharia de pista para entender que lutar seria em vão…

        Uma pena, mas faz parte.

        • Will,
          O Nelsinho teve um podium (2o na Alemanha) exatamente porque deixou o Lewis passar por estar mais lento. O Hamilton passou e ele ficou livre, sem ninguém por perto, nem à frente nem atrás.

          Ele teria condições de embaçar a vida do Hamilton como este fez com a do Kimi hoje, mas os de trás chegariam e além de ser passado pelo Hamilton seria também por todos os outros. ou então ele tentaria segurar os de trás e daria merda. Ele não teria conseguido nada. Ir p/guerra com arma enferrujada ou usar faca p/enfrentar metralhadora é IDIOTICE.
          Abs.

          • Visão de médio/longo prazo…eu perdoo o Lewis não ter isso no calor do cockpit.

            Mas a equipe tem que ter um líder (Ron Dennis até outro dia fazia isso) para entrar no rádio do cara e falar:

            – Garoto, você tem que deixar o Kimi passar para poupar seus pneus e terminar a prova em 3º…não há opções, esta é a única maneira.

          • Will,

            É disso que estou falando: o Hamilton não tem cérebro e precisa de alguém para pensar por ele. Mas, hoje, esse “alguém” estava totalmente desmoralizado depois do pit stop desastroso que fizeram com ele.

            É nessas horas que piloto de verdade recebe informações da equipe e toma decisões, muitas vezes salvando a própria pele e a da equipe.

            O “calor” do cockpit é o mesmo para todos e saber lidar nesse calor é um dos requisitos para ser piloto.

            O Alonso e o Kimi são super arrojados, mas sobretudo têm cérebro.

            Por quê você acha que o Kimi não foi pra cima do Hamilton hoje? Porque ele sabia que comeria os pneus e que num “roda-a-roda” o Hamilton faria merda. Então ele aguardou o momento certo e deu o bote certeiro não deixando qualquer chance de o Hamilton fazer as costumeiras merdas com ele.

            Sem a chance de brigar com o Alonso pelo primeiro lugar ele garantiu o segundo no podium e 18 pontos na classificação, o que é muitíssimo importante numa temporada tão disputada.

            Com um pouquinho de massa cinzenta o Hamilton teria garantido o terceiro lugar, mas isso seria exigir demais do “idiota veloz”.

            Abs.

          • “O Alonso e o Kimi são super arrojados, mas sobretudo têm cérebro.”

            Bem, aí eu já acho muito ao céu e ao inferno…rs

            O Alonso e o Kimi, este ano já ficaram na mão por estratégias que não deram certo e não tiveram o ‘cérebro’ necessário para reverter o quadro como se pensa.

            Acho que essa era onde o piloto fazia a diferença em termos estratégicos ficou para quando não havia tantos sensores remotos.

            Hoje, todos eles são reféns de engenheiros especialistas em coleta e análise de dados…

            Não sou fá do engenheiro do Lewis, mas as outras duplas também não são fenomenais e infalíveis.

            Mas sei que nesse ponto, provavelmente, não vamos concordar!

          • Will,

            Vou concordar com vc sim. Alonso e Kimi e muitos outros já perderam por estratégias erradas, mas nunca quando dependeram exclusivamente deles como dependeu exclusivamente do Hamilton hoje. Foi ridículo demais. Qualquer criança saberia o que fazer naquela situação.

            Aliás, erros são normais nessa dinâmica maluca, nesse quebra-cabeças de uma corrida, mas o Hamilton é incrível – ele comete os piores erros nos momentos mais cruciais e geralmente, ao contrário dos outros pilotos, não consegue salvar uns pontinhos.

            Ele constrói, constrói e depois dá black-out pondo tudo a perder.

            Realmente, numa boa, todos são testemunhas de que eu já defendi o Hamilton com unhas e dentes, mas não dá mais. Perdi toda a paciência. Acabou mesmo. Ele que se foda todo SEMPRE, SEMPRE E SEMPRE!

            Abs.

          • Bem, essa discussão sobre o estilo de pilotagem e capacidade do Hamilton rende e rende muito. Não queria comentar aqui mas percebi alguns exageros.

            Do final do ano passado aos dias atuais, Hamilton se propôs a mudar seu estilo e apostar na consistência. Na corrida de hoje ele fez isso na 10.ª volta, pois Grosjean forçou a ultrapassagem em Hamilton na curva 13 e ele recuou porque o choque seria inevitável. Mais tarde, há uma volta e meia para o final, acho que eu ali também gostaria de segurar o pódio. Na curva 13, Hamilton e Maldonado estavam lado a lado, com o venezuelano com a Williams fora da pista. Ao tentar regressar Hamilton não lhe deu espaço, os dois se tocaram.Maldonado estava FORA da pista, não tinha espaço para voltar, e acabou voltando de qualquer jeito (interpretação dos comissários que lhe deram a punição).

            Não estou defendendo o Hamilton, mas na minha humilde opinião, Hamilton não errou na defesa, seu grande erro foi na visualização do campeonato, pois sabendo como o Maldonado é afoito, deveria ter tirado o pé, pois a ultrapassagem ocorreria mais a frente mesmo. Perdeu pontos preciosos.

            Todavia, como o Will disse, hoje a dupla piloto-engenheiro conta muito. Logo, acho insano chamar Hamilton de um cara “sem cerébro”, vide os acertos estratégicos deste ano, inclusive de economia de pneus, e os erros estratégicos de outras equipes.

  9. Alguém tem aí o tempo do 1º pit do Ham? Acho q foi em menos de 3 s. Nesse caso, Sam Michael terá q pagar uma rodada de cerveja aos mecânicos. Cervejinha amarga e quente depois do q aconteceu no 2º pit e no resto da corrida.

    • Vc percebeu como os mecânicos estavam desesperados depois do 2 pitstop? Pareciam não acreditar no que estavam fazendo.

      Mais uma imparcialidade da transmissão global. Só o Luciano para lembrar dos infinitos erros este ano. Galvão nem comentou, se fosse Massa e Ferrari estava falando muito, não lembram ano passado como ele reclamava?

      Me dói saber que o pessoal em geral cai na lábia dele.

  10. Acredito em um primeiro erro também. Erro em não ter uma visão panorâmica do campeonato e vislumbrar a tal consistência de que ele tanto fala este ano.

    Mas tá bom. Que esta corrida sirva de aprendizado.

  11. Becken, nosso tradutor oficial, alguma entrevista do Hamilton, Button ou Martin saindoo do forno aí?

  12. Resumindo Lewis:

    “You never let people past, you’ve got to race for every position you can get.”

    [“Você jamais dixa alguém te passar, você tem que lutar por cada posição que tiver”]

    . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

    O resto da entrevista na Autosport:

    http://www.autosport.com/news/report.php/id/100695

    No fim, ele ignorou o Maldonado o culpando pelo incidente

    Gostei da atitude dele com relação ao erro da McLaren no segundo pit stop:

    “I think we did the fastest pitstop of the whole season in our first pitstop and were a little bit unfortunate in the second.”

    [“Acho que fizemos o pit stop mais rápido de toda a temporada (acho que foi 2.9s) e fomos um pouquinho infelizes no segundo.”]

    . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

    Bacana, gostei da atitude, apesar de que – vendo em retrospécto – se a McLaren não houvesse feito um pit stop tão ruim, o Lewis provavelmente voltaria à frente do Alonso e poderia ter capitalizado na quebra do Vettel e até vencer a corrida. E ainda o melhor: não teria ficado tão exposto ao demente do Maldonado.

    Enfim, ‘carreras’…

    Bom domingo rapaziada do Papaya e uma saudação especial ao Will Mesquita.

    É preciso muito motivação e distanciamento para escrever algo depois de uma corrida dessas.

    Abração, amigo. ;D

    • “I don’t know where I would have finished. Over the last lap or so, my tyres just went – it was almost like I had flat tyres at the back.”

      Isso me conforta, porque, no fim, acho que a última volta com aqueles pneus seria muito dura.

    • Hahahaha, valeu Becken.

      Do jeito que anda minha vida lá no trabalho, esse post ‘zen’ é fichinha…

      Mas falando de McLaren e F1, ô esporte de se apaixonar hein?

      Do céu ao inferno em décimos de segundo.

    • “You never let people past, you’ve got to race for every position you can get.”.

      I agree, mr. Hamilton. Enjoy the position that you got after the crash.

      Abs.

  13. Minha mão dói. Não devia ter socado a parede com tanta força! Enfim…

    Entendo a opinião de vocês, guys. Mas acho que a atitude do Lewis de segurar a posição deve ser analisada de acordo com o momento da corrida. Se tivesse faltando 20 voltas, ele devia ter liberado a passagem mesmo, pois com aqueles pneus gastos não seguraria o Maldonado tanto tempo. Mas faltando 2 voltas, ele tinha chance sim se segurar a posição até o final, então acho que o Lewis fez certo de se manter em seu traçado.

  14. Gente, acabou que por causa do out do Hamilton, esquecemos do Fingerboy.

    Quem não sentiu uma das melhores sensações do mundo ao ver aquele carro parandoo? Foi ótimo!!

    Claro que, depois, pagamos o preço de rir do sofrimento alheio (falo por mim aqui).

  15. Na minha opinião Hamilton fez o que tinha que fazer e que aliás todo o piloto deve fazer. Lutar até o fim para defender ou conquistar uma posição, independente de qual for.

    Não importa se o pneu estava bom ou ruim. Deixar o piloto de trás passar é o que não dá. Corrida tem que ser assim mesmo.

    PS: todo pit stop na McLaren é uma carga de adrenalina a mais. Inacreditável, tá faltando a figura de um chefão ali dentro dos boxes mais presente pra colocar pressão, o pessoal parece muito relapso, erros bobos de desatenção mesmo.

    • “Lutar até o fim para defender ou conquistar uma posição, independente de qual for”

      Resume como crescemos vendo F1, uma F1 onde isso era possível. Se o cara tivesse braço, tudo era possível…(Senna x Mansell em Mônaco).

      O problema são os pneus dessa temporada, quando eles acabam não sobra nada…tanto que o HAM disse que parecia que estava com os pneus traseiros furados.

      Era uma batalha como os 300 de Esparta, honrosa, mas em vão!

  16. E os comissários decidiram:

    Maldonado foi o culpado. Recebeu um drive-through, adicionando, então, 20 segundos. Cai de 10º para 12º. Bom para Bruno Senna que pontuou. Indiferente para nós, McLaristas, pois não torna a decepção de hoje menor. Decisão dos comissários é só uma interpretação.

    Fonte:
    http://www.autosport.com/news/report.php/id/100705

  17. Estou mais calmo depois de ler a entrevista do Lewis. Se ele ignora até os erros da equipe então tenho pelo menos um motivo para me acalmar…

    Que venha já Silverstone.

  18. Não importa se Lewis minimiza o erro da equipe. Contra fatos não existem argumentos. Se a McLaren tivesse feito um pit stop na “casa” dos 20s, como todos, sem mecânicos erguendo o carro no braço, o Lewis estaria 10s a frente da posição onde estava e, por conseguinte, 10s a frente do e do Kimi e Maldonado. SÃO DEZ SEGUNDOS!
    Do que adianta fazer a parada mais rápida da temporada, para depois fazer uma das mais lentas?
    Preferia que fossem duas paradas com convencionais duranto ~3,5s.

    É triste ver uma equipe como a McLaren se portando como uma equipe amadora.

    • “…em mecânicos erguendo o carro no braço, o Lewis estaria 10s a frente da posição onde estava…”

      Amigão, o erro foi durante o SC. Alonso estaria grudado nele quando o SC entrasse.
      Mas, pela características dos dois carros em reta, acho q Ham resistiria aos ataques do espanhol. E este estaria se defendendo de Kimi ao mesmo tempo. Contudo, n existe “se” capaz de mudar o resultado agora. rs

  19. Senhores.
    Não sou Mclarista. Sou Alonsista. rs. Mas sempre admirei e torci pela Mclaren por causa de Senna, Hakkinen, Montoya, Raikkonen, Hamilton e Alonso. Estou lendo os comentários aqui e fazendo a reflexão sobre a corrida minha conclusão é a seguinte. De algumas corridas para cá a Mclaren está gastando mais seus pneus do que as outras equipes. E isso está prejudicando seu desemprenho. Vamos lembrar. Hamilton em Mônaco foi um dos primeiros a parar, e no Canadá também. Isso prejudica muito a estratégia. E dou o exemplo do Alonso. Em Mônaco tenho quase certeza que ele deixou o Hamilton escapar de propósito, dando a ele 5 segundos de vantagem. Preservou os pneus por várias voltas, do nada, ele pulverizou esses 5 segundos, pressionou o Hamilton fazendo com que ele parasse mais cedo para manter a posição e continuou na pista. Quando voltou do Pit, estava na frente do Hamilton. No Canadá foi a mesma coisa, só que lá permite ultrapassagem e o Hamilton retomou a posição. E hoje tanto o Hamilton quanto o Button pararam antes de todos. Isso me leva a crer que eles estão comendo os pneus traseiros com muito combustível, muito mais do que as outras equipes.

    • Boa noite, não McLarista. É público que a Mc tem como força a aerodinamica e fraquesa a tração na saida de curvas de baixa. Por isso o desgaste acentoado dos pneus traseiros neste circuito. Vamos ter agora uma sequencia de circuitos com caracteristicas diferentes, com bastante curvas de alta, o que creio ser bom para a Mc. Assim, o Alonso terá de duplicar a força do seu pai de santo, pois nestes circúitos só poderá contar com os 50% de sorte que compôs o resultado de hoje. E digo 50% porque gosto da pilotagem do Alonso, pois ele só chegou lá por causa da quebra do Vettel, quebra do Grosjean, erro no pit da Mc, saft car, etc. Ou seja, no mínimo quatro efeitos extra pilotagem, sorte pura. Nos circuitos em que se exige muito da aerodinamica, a sorte será o que lhe resta.

      • Discordo de vc. Acho q nessa ordem é a F1 de hoje. Red Bull, Mclaren/Ferrari e o resto. O q tem q ser agora são Mclaren e Ferrari roubarem pontos das RBR. Pq se eles evoluírem ainda mais esse carro. FUDEU

        • Acho que o RB8D (que correu hoje) vai ser osso duro de roer.

          Em Silverstone acho que a ordem de forças será: McLaren > Red Bull > Lotus > Ferrari.

          Mas quem tem Alonso, sempre pode contar com mais ingredientes…

          Acho que sobre o desgaste de pneus você tem razão, é sabido que McLaren e Red Bull gastam porém aquecem melhor, por isso o ritmo de corrida destas é pior, mas a classificação é melhor que a da Ferrari e da Lotus.

          • Mas Will, confesso que esperava um desgaste de pneu do Alonso no fim da corrida, o que não ocorreu.

            Outra coisa,

            “McLaren e Red Bull gastam porém aquecem melhor, por isso o ritmo de corrida destas é pior, mas a classificação é melhor que a da Ferrari e da Lotus”

            não podemos encarar isso, na minha humilde opinião, como uma máxima. Só pra lembrar, hoje o Vettel sõ não venceu por problemas no motor, seu ritmo era melhor.

            …………..

            Mas como vc mesmo disse, sabe de que tudo isso é fruto?

            Falta de evolução em nosso carro, pois eles realmente não sabem que direção tomar.

            O que você achou das entrevistas do Hamilton? Me pareceu bem sensato e calma depois de tudo que aconteceu, não esperava que fosse assim.

          • É, eu acho que esse RB8D resolveu os problemas de desgaste através de uma traquitana irregular que emula um DDD + EBD.

            Amanhã vou sair pesquisando o assunto para ter uma base legal para argumentar.

            Falando sério, Vettel me amedronta mais que Alonso nesse WDC.

          • Só corrigindo, seu problema foi no alternador….

            Mas sobre as evoluções da RedBull, dá uma lidinha na coluna do Livio Oricchio de hoje, tem umas pistas lá.

            Interessante tb a visão dele sobre o acidente entre Hamilton e Maldonado, apesar de já termos comentado aqui sobre isso e alguns argumentos já terem sido expostos.

      • “o Alonso terá de duplicar a força do seu pai de santo”

        Isso foi demais Daniel McLaren. Adorei, embora reconheço o talento do Alonso.

        Como eu amo a Fórmula 1.

  20. Vamos lá Will (corrija-me se eu estiver errado). Valeu pelo link.

    Pelo que sei, toda esta questão dos difusores soprados se concentra-se na tese de que quanto mais ar acelerado passar por baixo do difusor, mais pressão aerodinâmica se cria na traseira do carro, proporcionando, assim, ganho de tração e aderência dos pneus traseiros.

    No modelo anterior deste carro da RedBull, há smente um o ar que passa acelerado pelo sidepod contorna sua base curva e é jogado diretamente dentro do buraco localizado sob a caixa de transmissão, bem à base do difusor, causando, então, o efeito mencionado.

    Pelo que entendi:

    “The team has now changed the tunnel that goes underneath the exhaust ramp, making the inlet much larger than it was in the previous version”.

    o que temos agora é um novo buraco, que dá em um túnel que passa debaixo da rampa de escape, fazendo com que a entrada se torne muito maior do que era na versão anterior.

    Isso, porque, segundo eles, testes mostraram que o túnel anterior não tinha o efeito esperado, sendo insuficiente.

    “Aerodynamic tests on track had shown that the tunnel was not acting as the team expected because airflow through the tunnel was much less than anticipated. This caused problems to generate a consistent airflow into the diffuser, and hence created a changing car balance”.

    Assim, com o fluxo de ar muito maior que antes, o efeito esperado sob o difusor surge. “With the airflow through the duct now much bigger than it was before, its impact on the diffuser is also a lot more important”.

    O que temos agora, a meu ver, são dois túneis que desembocam no difusor, permitindo que uma quantidade maior de ar passe acelerado sob ele, saindo ao centro, bem abaixo da luz traseira de segurança. “Pictures from the rear end of the car appear to reveal that most of the air from the duct is exiting close to the car’s centre, aiming to increase the flow-rate over the top of the diffuser”.

    Se for isso, na minha humilde opinião, não há irregularidade, e sim uma forma que o brilhante Adrian coseguiu de tornar o fluxo de ar mais eficiente. A grosso modo, ao invés de um túnel, dois.

    ………………
    Mas na verdade, não entendo muito desse assunto de aerodinâmica, deixo isso pra vc e para o Becken. Além disso, não conheço as regras profundamente quanto a esse tema. Por isso, não sei dizer, a posteriori, se há ou não irregularidade.

    No aguardo por mais explicações quanto ao funcionamento deste novo sistema e sua posição efetiva quanto a legalidade destas modificações (acho que você se posicionou contra, né?).

    Abraços.

    • Augusto, sua interpretação é a mesma minha, até aí nada fere o regulamento. Acrescentando apenas que o princípios desses túneis também trabalha a questão que o ar ‘injetado’ por eles é ‘aquecido’ pelos discos de freio. O ar quente saindo pelo difusor cria uma zona de baixa pressão que ‘direciona’ mais ar para esta parte do carro aumentando o downforce.

      Minha única questão aqui é o fato do difusor de duplo (o que aumenta a superfície de ação do sopro de ar).

    • Augusto, sua interpretação é a mesma minha, até aí nada fere o regulamento. Acrescentando apenas que o princípios desses túneis também trabalha a questão que o ar ‘injetado’ por eles é ‘aquecido’ pelos discos de freio. O ar quente saindo pelo difusor cria uma zona de baixa pressão que ‘direciona’ mais ar para esta parte do carro aumentando o downforce.

      Minha única questão aqui é o fato do difusor ser duplo (o que aumenta a superfície de ação do sopro de ar).

  21. pessoal, estou achando estranho os mclaristas tão preocupados com os erros de sua equipe. isso sem dúvida é algo ruim, mas, o mais preocupante é esse carro que a Red Bull trouxe para valência. a diferença dele para os demais era igual ao carro que o vettel tinha no ano passado. e isso sem nenhuma evolução.

    apenas o conceito dessa versão do RB8 é MUITO melhor que todos os outros conceitos do grid. isso aí, com alguma evolução, vai ser simplesmente imbatível. o campeonato de 2012 acabou em valência é vettel é o campeão.

  22. Retire-se aqui o mérito da avaliação se valia a pena ou não lutar por aquela posição, segunda colisão de Hamilton com Maldonado, segunda vez que a culpa é dele. Em Mônaco 2011, Hamilton tinha passado Schumacher exatamente da mesma forma que estava passando Maldonado quando este não se deu por vencido e quis ir contra as Leis de Newton. Mesmo caso na manobra de hoje.

    Enfim. Eu já estava desgostado porque onde estava não tinha energia das 8:00 às 9:30. Perdi a hora e só comecei a ver a prova quando Alonso estava na frente (?) e Grosjean estava abandonando…
    Se pelo menos meu time tivesse ganho, mas nem isso. E o pior é que era confronto direto pela liderança.

    • Allan, meu caro, foi no mínimo frustrante. Ainda mais por que pelo domínio que o Vettel impôs até a entrada do safety car, as coisas podem ficar feias para nós lá na frente.

      • Will, exatamente, ainda mais porque Button teve outra corrida horrível, se não fosse tantos incidentes ele teria passado longe novamente da pontuação. Com esse RB8D apresentado em Valência, já não podemos ter a certeza de que sejamos dominantes em Silverstone como era suposto por ser um circuito com curvas de alta.

  23. Amigos, eu concordo demais com o James Allen:

    “Valencia showed us that the Red Bull, with its significant rear end and blown diffuser upgrades is now clearly the fastest car in the field, but the multiple problems suffered by Webber’s car on Saturday and then Vettel’s retirement on Sunday will undermine confidence a little.”

    • Will, concordo em parte.

      Agora com as atualizações, realmente é o carro mais rápido. Agora esta história de que a confiança deles diminuiu é balela.

      Christian Horner já tratou de consolar Vettel, afinal a falha foi mecânica, no alternador e todos estão atribuindo isso a entreda do SafetCar por causa da diminuição de velocidade, assim como aconteceu com Grojean.

      Pela entrevista da Autosport (http://www.autosport.com/news/report.php/id/100719) dá pra perceber isso. Dê uma lidinha lá, ele fala de como foram beneficiados com o abandono do Hamilton e espera que o Alonso também tenha um DNF. Cita ainda que ampliaram a diferença do campeonato de construtores para mais 8 pontos. Isso que é confiança, ainda mais quando ele fala do desenvolvimento do carro. Quanto ao mau desenpenho no sábado do Webber, ele recuperou do domingo; além do mais, isso já é esperado, uma vez que o carro parece ser feito exclusivamente para o Vettel.

      Este sim é um time a temer. Mas na minha opinião devemos temer a Redbull e o Alonso, que não pode ter um carro bom nas mãos. Temos que torcer para o ’27 acompanhar a evolução da Redbull e superarmos de vez a Ferrari, deixando Alonso para trás. A Ferrari não pode evoluir e nosso carro tem que superar o ’27. Na verdade não precisariamos torcer se as atualizações estivessem vindo consistente e efetivamente.

      Por falar nisso, andei procurando por algumas previsões de atualizações para Silverstone e não achei nada. Conseguiu algo?

      Só ainda não tinha lido que Martin prefere desenvolver o carro na parte dianteira do que traseira, enquando Adrian projeta-se pelo oposto. Como a matéria que está na F1Technical é de maio, não sei se ele já mudou sua opinião.

      “Team principal Martin Whitmarsh commented earlier this week that regulations are now so strict that there is often more to gain by optimizing the front in order to get more quality air to the rear of the car, rather than actually developing the rear.”

      • Augusto,

        Ainda não achei nenhum vazamento nos fóruns sobre as atualizações do 27B.

        Apenas torço para que tenhamos mais downforce traseiro.

        Acho que se o problema for túnel, é só contratar o Maluf…rs

  24. Olha, a coisa está ficando feia para o nosso diretor esportivo, Sam Michael. Pelo menos é o que dizem as más línguas. Olha o diz o Telegraph, com direito a crítica do nosso ex direitor Eddie Jordan:

    “The 2008 world champion’s retirement from third place with two laps remaining ensured the post-race spotlight at McLaren centred on his collision with Williams’s Pastor Maldonado.

    But it could so easily have been on the pit stop which followed the introduction of the safety car on lap 30, dropping Hamilton from third to sixth.

    A failure of McLaren’s new front wheel jack meant a second jack had to be found in order to complete the stop.

    The jack had been introduced as part of a raft of changes to kit, procedure and personnel which Michael – who joined McLaren after leaving his technical director role at Williams last year – has overseen in an effort to make the team’s pit stops more efficient.

    “I believe the poor pit stop cost Lewis the race because he would have been clear of Fernando Alonso, and Pastor Maldonado would have not got anywhere near him to knock him out of the race,” said BBC pundit Eddie Jordan after the race.”

  25. Acho que todo real torcedor fica com essa angústia na cabeça e fica torcendo para que a próxima etapa venha logo e mude isso!

    Só consegui olhar as notícias da F1 agora.Cara que situação ruim! Que estado ruim que ficamos como torcedores! Imagina o Hamilton!

    Concordo com a Mari, valia pódio, o Hamilton já tinha perdido a posição para o Kimi, não tinha que deixar outro passar quase no fim. É por isso que ele é o Hamilton. E ele tem muito crédito este ano! Além disso, o Will foi muito feliz no post, um estilo menos agressivo não combina com o Hamilton.

    Mas voltando ao assunto: que desânimo! Parece que a F1 acabou para o resto do ano!

  26. Agora que consegui ler as notícias da F1 vou comentar de novo:

    Concordo que Alonso é o melhor atualmente, mas o Lewis é o mais rápido. Além de tudo o que já fez, cito só o exemplo deste ano: fora as vezes em que foi punido,PRATICAMENTE A PIOR POSIÇÃO DE LARGADA DELE FOI 2º! Independentemente das curvas serem de alta ou baixa!

    Mas que situação chata! O pior é que se ganhar em Silverstone não fará mais que a obrigação!

    E o Button? Não fará mais nada neste ano não?! ELE DEVE ESTAR MAIS RÁPIDO DISPUTANDO TRIATLO QUE PILOTANDO O 27!

    Já começo a mudar de ideia quanto uma POSSÍVEL SAÍDA DO HAMILTON da McLaren, pois se nós estamos chateados (e muitíssimo!) IMAGINEM ELE! Que tanto lutou e correu! Do jeito que está pode ser melhor pra ele ir pra RBR (no lugar de Webber) ou Ferrari (no lugar de Massa), sabem, EQUIPES COM PROFISSIONAIS COMPETENTES.

  27. Becken, Mari, Will:

    será que não há ao menos uma mínima chance do R. DENNIS VOLTAR?
    A coisa está muito feia sem ele!

    Se não fosse aquele pit stop BIZARRO, o Hamilton teria saído na frente e talvez não precisaria gastar tanto os pneus… E como disse o E. Jordan: ele sairia na frente e ficaria longe daquele aprendiz de piloto!

  28. O pior de tudo isso, é que o Martin Marshmallow está deixando o barco correr. Oito provas e a cada uma delas os pits estão piores?

    Pode isso Will?

    Se olharmos para o histórico de Silverstone, a briga vai ser dura, muito dura com o SebÓstian Newey Fédel, o que me deixa muito irritado.

    O 27 nasceu o melhor carro de todos do grid. A Ferrari era a carroça da temporada e o Newey não conseguia ajeitar pro SebÓstian ganhar, só que até agora só dá Alonso, o RB8 é um foguete, o Button não fez nada e o Lewis se desgasta a cada prova mais do que a anterior para ser um piloto diferente, mais consistente e menos cabeça de pudim, mas o trabalho de box em inúmeras situações o deixa a pé.

    Infelizmente se não ganharmos em Silverstone e o Button não fizer pelo menos um terceiro, os dois campeonatos ficam mais distantes, pois infelizmente os outros estão evoluindo…

    • Mateus e seus apelidos… Adorei o Martin Marshmallow. Rindo muito akee!!

    • Realmente Mateus, o 27 era o melhor carro, a RBR nada demais e a Ferrari a carroça, hoje a coisa do jeito que está mostra ainda mais a incompetência de Woking…

    • “O pior de tudo isso, é que o Martin Marshmallow está deixando o barco correr. Oito provas e a cada uma delas os pits estão piores?

      Pode isso Will?”

      Rsrsrsrsrs

      A McLaren no 1º Pit do Lewis bateu o recorde de velocidade: 2,6s na troca e 19,3s de perda total, quero acreditar que o segundo pit foi fraco em função de uma falha pontual que não mais irá se repetir.

      Esperança MODE ON

  29. Rumores apontam q os upgrades para Silverstone serão muitos.
    Uma boa notícia depois desse fds de merda.
    Na torcida pra q n apareça chuva na sexta.

    • LM tem alguma ideia em onde mexerão no carro?

      • Acho (repito, acho) q podemos ter:
        1- mais uma revisão do escape – quem sabe algum tipo de túnel a la RBR;
        2 – algum truque pra se aproveitar a brecha criada pela Mercedes no DRS. N exatamente soprar a asa dianteira;
        3 – alguma pequena mudança na asa dianteira;
        4 – mais alguma coisa nos freios pra trabalhar o aquecimento dos pneus;
        5 – assoalho/difusor novos;
        6 – mudanças na suspensão traseira e caixa de câmbio (o q sempre é um risco danado, e tb considero pouco provável de mexerem);
        7 – alguma coisinha nas proteções ao lado do sidepods e na tampa do motor;
        8 – buracos no assoalho dentro da regra, a la Ferrari;
        9 – e, por último, e extremamente improvável, um degrau no bico.

        N tenho nenhuma fonte de informações quanto a isso. Tudo chute.

    • Em 2010 o filme era parecido, levaram para Silverstone um carro quase versão B e não funcionou. Espero que o resultado seja outro, pois o campeonato de construtores está perto de completar mais 1 ano na fila, o último é de 1998. Isso é inadmissível ficar tanto tempo sem título para uma equipe de ponta. Nos últimos 10 anos temos apenas coleções de vices, mas títulos nada, só o de pilotos em 2008. Se fizermos uma análise Macro a situação custo benefíco da McLaren em termos de títulos é horrível. O problema é que o filme se repete com o mesmo roteiro ano após ano e a McLaren NUNCA acorda.

  30. Uma tentativa de dar uma mãozinha nos problemas de Jenson com os pneus dianteiros no ano q vem?
    —-
    http://www.omnicorse.it/magazine/19282/la-mclaren-studia-la-sospensione-pull-della-ferrari

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *