Câmbio deixa Lewis na mão – enquanto Jenson salva pódio

lewis

Se alguém ainda tinha esperanças de que a McLaren brigasse pelo campeonato de pilotos, ela provavelmente foi pelo ralo hoje junto com o câmbio avariado de Lewis na 23a volta.

A McLaren jura de pés juntos que o problema manifestou-se minutos antes da falha final, mas uma transmissão de rádio entre Lewis e seu engenheiro de corrida logo após seu abandono, sugere que houve trabalho durante o dia na caixa de câmbio da McLaren número 4. Então, o problema não veio a público.

Se não veio a público, fica a questã do quanto uma pequena encostada no muro em sua última volta lançada na classificação afetou o câmbio de Lewis. Particularmente acredito que para se afetar a caixa de câmbio, o impacto deveria ser maior, mas a verdade é que confiabilidade parece estar de volta à F1 como item a decidir campeonatos.

A CORRIDA
jenson
Da primeira curva até o seu abandono, Lewis administrou a corrida. Em nenhum momento Vettel teve oportunidade ficar abaixo de um segundo de diferença de entrar na zona de ultrapassagem. O próprio Lewis, conformando e tranquilo, confirmou à BBC que no momento do seu abandono, ‘passeava’ em direção a uma vitória fácil.

Sem Lewis, mas com Jenson, que fez a corrida que se espera: administrando seus stints no início e pressionando Vettel antes das paradas.

Os dois safety cars trouxeram a esperança de colocar Jenson na briga pela vitória, mas depois da segunda parada de boxes, Vettel administrou com certa facilidade a liderança herdada de Lewis.

Com o abandono, Hamilton cai para a quarta posição no mundial de pilotos, dando quase definitivo adeus à disputa. Ele agora enxerga Alonso cada vez mais longe, com 52 ponto de diferença, caminha a passos firmes em direção ao seu merecido tricampeonato.

Ao fim, o pódio de Jenson nos mantém na briga pelo mundial de construtores e o mais importante: a performance em Cingapura nas mãos de Lewis, circuito travadinho e com alto downforce, dá pistas do quão flexível é o MP4-27, capaz de andar bem e brigar por vitórias em qualquer pista.

É o grande carro deste fim de temporada.

69 Comments

  1. Acabou, meus amigos. O campeonato já era.
    Tinha tudo pra ser uma das reações mais bonitas dos últimos tempos, mas a quebra do câmbio jogou tudo fora.
    Fico sem vontade de acompanhar o resto da temporada.

  2. Acabei de falar no post anterios, mas mesmo assim eu repito aqui: e assim os touros vermelhos quebram a excelente sxequência de vitórias da McLaren.

    P.S: Vale ressaltar o quanto o Alonso tem sorte, ainda conseguiu um lugar ao pódio. Dessa maneira, acredito que o campeonato já esteja encaminhado para ele.

  3. Porque me fizeram acreditar nos títulos?

  4. Enquanto houver chances matemáticas eu acredito.Que venha o Japão.

  5. Cientes da possibilidade do câmbio dar problema e, como deu, não deixaram Hamilton dar entrevistas porque ele ia falar merda.

    Agora, a McLaren, devido aos problemas já cometidos nesse ano, não poderiam errar mais uma vez arriscando tanto. Era melhor ter trocado o câmbio e perder 5 posições.

  6. Torço por vitórias seguidas do Lewis, mas o Alonso tem toda a minha torcida na disputa pelo campeonato agora.

    • e além de tudo é muito sortudo, rs

      • Olha, até concordo, 😀 mas é preciso colocar-se-se na posição para que a sorte te abençoe e isso o Alonso faz com maestria.

      • Ás vezes nos esquecemos q n foi o Alonso q terminou em terceiro hj, mas sim o conjunto Alonso pilotando um Ferrari F2012. É um conjunto, moçada: Carro + piloto, ou vice versa. Quando se diz carro, inclua aí a equipe.
        Se os dois n são suficientemente bons n se ganha um campeonato. E o carro n precisa ser o mais veloz pra ganhar.Tem q chegar na frente.
        Quanto a ter se distanciado do Ham na disputa do campeonato, n foi sorte do Alonso hj. Foi um conjunto melhor derrotando o outro (Lewis + MP4-27).
        Bueno, só falei o óbvio…rsrsrsrsrs

    • O Alonso está merecendo muito ganhar esse campeonato!
      O único problema é que assim ele leva o título pra Ferrari… grrr.

  7. a mclaren so faz MERDA nao consigo acreditar nisso trocava a merda desse cambio e melhor menos 5 posições e pontos do que nada HAMILTON VAI PARA MERCEDES LOGO

    • Não fique tão bravo com a Macca, amigo! 🙂

      Lewis disse no rádio:
      “Gearbox failure, I’m sorry about that. We did all we could yesterday.”
      “Caixa de câmbio quebrou, me desculpem por isso. Nós fizemos tudo o que pudemos ontem.”

      Por isso eu acredito que esse risco de utilizar um câmbio “problemático” foi escolha do Lewis em conjunto com a equipe. E até que numa pista travada assim faz sentido preferir largar à frente.

      Mas como todo risco, poderia ter dado muito certo ou muito errado.
      Infelizmente ficamos com a segunda opção. 🙁

  8. ELES sabotam eles mesmos o cara faz pole conserva pneu e o cambio abre o bico

  9. quantos pontos a mclaren SOZINHA tirou to HAMILTON alguem sabe????? to revoltado

  10. GALVÃO BUENO MALDITO SECOU O HAMILTON NAO SEI PORQUE ESSE VIADO NAO SE MUDA PARA ESPANHA BABACA

  11. Quando o Lewis tocou o muro ontem eu pensei que isso podia acontecer, so nao comentei aqui por supertiçao, pra ninguem falar que eu tava secando! Mas nao vi o Lewis com cara de poucos amigos, pelo contrario, ate conformado, sujerindo que a decisao de correr o risco partiu dele tambem.
    E o Alonso hein, o espanhol com certeza queima uma polvora brava, hehehe.

    • Complicado, né? Acho q deram uma checkada ontem no cambio, segundo o Brundle. N sei se aquele toque influenciou, mas na 2ª tentativa do Q3, Vettel tava bem na frente na pista, e pelos 2 primeiros setores do alemão, dava pra ver q ele n bateria a 1ª tentativa de Lewis. Acho q deveriam ter pedido o Lewis pra abortar a 2ª tentativa e n fazer o 3º setor e recolher. Isso teria economizado pneu e, tb, um toque na parede.
      Bueno, agora é fácil falar, mas tinha pensado nisso ontem tb. rsrsrs

      • LM, entao estavamos em sintonia pois na hora do toque a pole ja era nossa. Pensei exatamente isso, pq nao mandaram ele tirar o pe antes? Mas agora ja era, ja foi, mas ainda acho que a idea de se arriscar com o cambio assim partiu do Lewis e a equipe, depois de te-lo feito escolher a opcao de asa errada la atras, influenciou nessa decisao!

  12. Grrr!!! Maldito câmbio!!!
    Ganhar essa corrida significava manter-se na briga pelo WDC! Agora não sei se teremos mais chance… 🙁

    PS. Vai ser sortudo assim lá na PQP, Alonso!

  13. Saudações McLaristas, bem frustadas hoje…

    Agora já era mesmo, combinações matematicas, chances reais de vitórias ate Interlagos, sorte, Alonso pode quebrar tambem, blablabla, esqueçam e foquem apenas em se divertirem com as proximas etapas, definitivamente este não é o ano…

    A McLaren este ano errou absolutamente tudo que se pode errar pra jogar fora um campeonato onde teve o melhor equipamento do ano na média geral, e convenhamos, tem que ser muito incompetente pra conseguir o que a equipe conseguiu fazer esse ano, pits ridiculos, erros estratégicos, erro com combustível, erro em escolha de asa com o melhor piloto no mundial o jogando no meio do grid e por isso foi vitimado em Spa, agora se for mesmo verdade que eles arriscaram colocar Lewis na pista sabendo que isso poderia contecer, aí é pacabá, sinceramente ainda me recuso a acreditar que o AMADORISMO EM WOKING tenha chegado a esse nível…

    Acompanho o relator Beken e minha preferência também vai pro Alonso, ninguem merece a arrogancia do Vettel com seus YES YES com voz de mulher e o Horner falando abobrinha… Se esses caras ganharem esse campeonato vai ser duro de aguentar…

    Abraços…

    hramer.

    • “minha preferência também vai pro Alonso, ninguem merece a arrogancia do Vettel com seus YES YES com voz de mulher e o Horner falando abobrinha… Se esses caras ganharem esse campeonato vai ser duro de aguentar…” Kkkkkk!!! Tem botão de CURTIR?

  14. #FRUSTRADAS

    To muito fulo hoje e sem paciência com esse teclado do android hoje…

    hramer.

  15. Lewis no instagram, refletindo com as palavras de Martin Luther King:

    “The ultimate measure of a man is not where he stands in moments of comfort and convenience, but where he stands at times of challenge and controversy. Martin Luther King. Amen!!”

    “A última medida de um homem não é onde ele se encontra em momentos de conforto e conveniência, mas onde ele se encontra em tempos de desafio e controvérsia. Martin Luther King. Amém!”

  16. Parece que o MP4-27 sofre do mesmo mal do MP4-20.

  17. Se Lewis vencer todas? Dá pra brigar pelo título??

    • Lewis vencendo todas:
      150 + 142 = 292

      Alonso em segundo em todas:
      194 + 108 = 302

      Que dá, isso dá, basta o Alonso fazer uns três terceiros lugares, acho, mas…

      • Becken, pelas características dos próximos circuitos, a McLaren teria essa chance de vencer em todas ou só em algumas?

        • Cara, depois de hoje nessa pista travada e de alto downforce, a McLaren mostrou que tem um carro superior em todos os circuitos. Talvez no Brasil seja o mais complicado pelo miolo, mas ainda assim eu vejo a gente chegando aqui no Brasil como favoritos para a vitória.

          • Becken, você acha que Vettel tem muitas chances?

            Ainda resta alguma pista favorável a RBR?

          • Já percebi o seguinte: em curvas de baixa/média onde vc a faz com o pé totalmente fora do acelerador, a RBR ainda é mais forte; nas curvas de baixa/média onde vc reduz pra entrar nela e a contorna acelerando (tipo a última curva da Hungria), a McLaren manda. Acho q o miolo de Interlagos tá mais pra esse 2º tipo de curva. Acho q vem muita atualização por aí. Tem muita coisa pra se copiar q foi lançada a partir de Spa nas outras equipes, especialmente Williams, RBR e Ferrari. Como o carro do próximo ano será parecido com esse, devem estar fazendo as peças tanto pro 27 quanto para o 28. Vão atualizar o carro até o Brasil, provavelmente.
            Agora, hj, pra mim, o campeonato foi pro saco. É só um milagre pra salvar. Tipo: um DNF e mais nenhuma vitória do Espanhol; com 4 vitórias e 2 segundo lugares para Lewis. Enfim, muito difícil. Mas….
            O WCC tem chances mais razoáveis, com o Webber nessa draga q ele anda.
            E o Schummi, heim? O cara parece n estar dando mais conta de gravar a sequencia de curvas de alguns circuitos.

      • Não é impossível, mas é altamente improvável! 🙁

    • Desde a Alemanha, o Lewis vem no seguinte ritmo: não pontua, vence, não pontua, vence…. Como ele n pontuou hj, logo, no Japão…rs

  18. Nota do Jenson em sua página oficial no FB:

    “It’s nice to be back on the podium – and, if I finish every remaining race in the top one or two, that’ll be perfect.

    During the first stint, I even thought I had a chance of winning because I was able to go longer than the cars around me. But then they didn’t seem to struggle much on the harder tyre, so the advantage swung away from me. I had a good second stint, but the harder tyre didn’t feel quite as good for me as the softer tyre. Then I didn’t really have good balance in the final 10 laps.

    I still have a slim chance of winning the drivers’ world championship, but I’m just enjoying my racing at the moment. I think our car will be competitive at Suzuka, and we’re doing a very good job as a team too. Of course, it’s disappointing that we had a reliability failure with Lewis’s car, so that’s something we need to solve, particularly as we’re doing such a good job in every other area.

    If we can solve our reliability issues, we’ll definitely have a chance of fighting for the win in all six remaining races.”

    É interessante ele falar que tem uma pequena chance de ganhar o mundial (isso que é ser otimista XD) e ressalta no último paragráfo que se resolverem o problema de confiabilidade do carro (vide a quebra do câmbio do Lewis hoje), eles têm chances de vencer as próximas seis corridas. Ao menos isso pode ser animador, no meu ponto de vista. Isso mostra que o MP4-27 tem potencial para almeijar seis vitórias nessas últimas corridas (e tem que ser com o Hamilton, claro).

  19. Não sei quem é meu piloto favorito.. Se é o Lewis ou Alonso.

    Quando o espanhol ganha, eu fico super feliz. Hoje quando o Lewis abandonou me deu aquela aflição, aquele aperto no coração. Putz. Acho que torço pros 2.

  20. Palavras do hramer aí acima: “definitivamente este não é o ano…”

    O PIOR É QUE É O CARRO E O PILOTO!

    Se não ganhamos assim quando é que ganharemos?…

  21. Os mais aficionados que me desculpem, mas tenho que dizer:

    se a McLaren perder o Hamilton e tiver que depender do Button fico pensando como a F1 será chata e monótona para os mlaristas! Como hoje.

    O considero um piloto acima da média, o elogio desde a BAR e o acho o melhor “segundo” piloto de todos, o melhor pra formar uma equipe.

    MAS O CARA NÃO TEM UM SINAL DE OUSADIA, NÃO TEM UM PISCAR DE ARROJO! MINHA NOSSA!!

  22. Foi frustante ver o Lewis a abandonar, se antes já estava difícil encostar no Alonso agora ficou tudo mais complicado. Como já disseram lá emcima só um milagre mesmo para salvar o WDC, mas a minha torcida continua, o carro tá bom e tenho a impressão de que o campeonato vai pegar fogo no fim.

  23. Saudações a todos!!!
    Enfim no início do campeonato se perdemos em ações, digamos, amadoras, e agora só um milagre salva o WDC.
    Nosso carro e o melhor e na próxima temporada vai estar mais afinado, porém não estou 100% com relação ao Hamilton ficar, depois do ocorrido de hoje mesmo sendo um risco calculado, ele deve estar decepcionado e acredito bem acho que se ele depender do Button sabe que não rola. Nada com uma corrida após a outra .

  24. Pena que esse ” grande carro ” veio no final da temporada ne Becken? O titulo ainda eh possivel matematicamente ,mas Alonso precisa abandonar pelo menos 1 corrida dentre essas 6 que faltam para o fim do campeonato…..

  25. Pessoal, alguém aí, por favor, dei-me uma palavra de consolação. Tô muito triste e inconformado com a perda praticamente já decidida do campeonato. Não tô nem com vontade de olhar as notícias.

    • Augusto – faça como eu. Divirta-se só com as corridas, 😀 esqueça o campeonato e foque no que de bom pode acontecer prova a prova.

      A pole do Lewis, por exemplo, foi algo fantástico, uma performance brilhante que eu curti todo o sábado.

      Confesso que me senti muito mal em Valência depois daquele abandono com o Maldonado, mas depois daí relaxei.

      Se o abandono de ontem fosse em 2010, por exemplo, eu provavelmente não teria a mínima motivação e ânimo para escrever um post pós corrida.

      Tava vendo o Lewis sair do carro ontem e deu para notar semblante dele, no ‘body language’ que ele estava conformado, mas provavelmente com a cabeça tranquila e a certeza de que fez tudo o que podia este final de semana, assim como vem fazendo toda a temporada.

      Sei lá… a vida é simétrica. Esta oportunidade que ele está perdendo em ter o carro mais rápido da temporada , mas resultados aquém do carro e de sua performance, será compensada no futuro.

      Mais títulos virão, ele sabe disto. Para quem torce pela McLaren e pelo Lewis só há um saída: have fun! 😀

  26. Marlon da silva gomes

    este campeonato me lembra o de 2005 quando a McLaren tinha o melhor carro mas sofria de confiabilidade . foi o ano que o kimi poderia ter sido campeão mais o carro o deixava na mão.

    As duas próximas corridas serão fundamentais , o campeonato esta nas mãos de McLaren e RBR.
    caso Hamilton e vettel alternem vitorias, E seus companheiros chequem a frente de Alonso e possível !

    Nesta corrida em particular se o cambio não e confiável eu o trocaria , já que temos o melhor carro do grid. e se na largada passasse ileso poderíamos ganhar posições e bottom não dificultaria a passagem seria questão de tempo para chegar em Vettel por que a corrida e longa.

  27. TUDO ESTA CONSPIRANDO… a favor de Don-Alonso-O-RABUDO-das-Astúrias! Este cara ou a Scuderia, contratou um feiticeiro dos “bão” pra ferrar com a concorrência (especialmente com o seu maior rival: Hamilton). Agora, este “Botão” é um sem noção mesmo! Vejam as declarações dele pós-corrida: http://www.f1team.com.br/button-comemora-o-2o-lugar-e-se-diz-ainda-favorito-ao-titulo-mundial/
    por outro lado, a Mclaren dar a entender que apesar de dificil, vai focar em Hamilton na busca do campeonato de pilotos: http://autoracing.virgula.uol.com.br/f1-mclaren-nao-podemos-ter-mais-abandonos/

  28. 1° Tenente Marco Aurélio

    SENHORES: RECOMENDO ESSE TEXTO

    OS PECADOS E OS TRABALHOS
    SÃO PAULO | Uma breve pensata em cima dos números e de como podemos ver o campeonato nestas seis últimas provas da F1.

    Alonso retomou a liderança do campeonato com a vitória em Valência, oitava etapa, onde largou em 11º e partiu para a vitória com uma dose cavalar de sorte. Passou a ter 111 pontos. Desde então, justamente seis corridas se passaram, e o espanhol manteve os adversários atrás na seguinte escala:

    2º WEB, 20 pontos de vantagem
    2º WEB, 13
    2º WEB, 34
    2º WEB, 40
    2º VET, 24
    2º HAM, 37
    2º VET, 29

    Uma diferença inicial de 20, que caiu para 13 e bateu em 40 tendo o mesmo concorrente — que já não o é mais —, e que vem oscilando numa média de 30 pontos desde que os outros adversários conseguiram superar Webber. Nunca foi Raikkonen, que se mantém na disputa pela constância e pelo bom conjunto — não mais que isso — da Lotus.

    Valência foi a primeira corrida em que teve um novo vencedor no ano, e desde então houve repetições dos ganhadores. Assim, foram dois campeonatos bem distintos em 2012 nestas 14 provas, com esta segunda parte muito mais normal. É crível que esta última perna do Mundial tenha uma feição inclinada ao que foram as últimas corridas do que as primeiras. Depois do GP da Europa, eis a distribuição de pontos:

    ALO, 83
    VET, 80
    RAI, 76
    BUT, 69
    HAM, 54
    WEB, 41

    Alonso e Vettel vêm em campanhas curiosamente semelhantes depois do GP da Europa. Esta diferença de três pontos entre eles se dá por conta de um terceiro e quarto lugares. No mais, ambos venceram uma e têm um segundo, um terceiro e um quinto lugares na campanha. Alonso poderia ter tido mais se não fosse atropelado por Grosjean na Bélgica e Vettel, se o carro não pifasse na Itália. Digamos que seja o descarte ‘permitido’ deles no ano. O de Hamilton seria o da Alemanha, onde se envolvem em um incidente na primeira volta.

    Enquanto Alonso pontuou em todo o resto, Vettel apresenta outras duas quebras. A nem tão boa confiabilidade do equipamento da Red Bull é que permitiu essa folga de Alonso na ponta. Na Malásia, provavelmente Seb não marcaria tantos pontos porque, quando abandonou, já vinha em posição intermediária, mas a não vitória na Valência que alçou Fernando ao primeiro lugar é que faz a balança pesar contra o alemão. Estivesse ali com 25 pontos mais e tirando sete de Alonso, que ficaria em segundo, Vettel estaria na frente (190 a 187).

    Indo mais além, se Vettel tivesse vencido em Valência e Hamilton fosse o segundo — não tivesse sido abalroado por Maldonado —, jogando Alonso para terceiro, o negócio seria 190, 184 e 160. E se o território da hipótese fosse aplicado à prova de ontem, com Hamilton ganhando, Vettel sendo segundo e Alonso, quarto, Hamilton apareceria agora como líder do Mundial, com 185 pontos, Vettel viria atrás com 183 e Alonso passaria a ter 181.

    Isto é: os pecados — as panes pontuais — de Red Bull e McLaren permitem a Alonso um respiro que lhe dá pelo menos até Suzuka a comodidade de estar em primeiro na classificação. E como Alonso não quebra e está, desde a parte ‘normal’ do campeonato, somando pelo menos 10 pontos, esta liderança só poderia ser ameaçada ou no GP da Coreia ou em Abu Dhabi, deixando a disputa intensa na dobradinha do continente americano.

    Alonso tem um carro confiável, mas não tão rápido. Vettel tem um carro rápido, mas que ainda deve, só que não é tão confiável. Hamilton tem o carro mais rápido, que ainda pode ser considerado confiável, mas que tem se envolvido em problemas. Eis os trabalhos de cada um daqui pra frente. O que tende a ser maior é o dos taurinos, que tem de olhar para duas áreas: velocidade e resistência. A Ferrari dificilmente vai achar os décimos de que necessita para se igualar às rivais e se atém à qualidade de seu piloto. Quanto à McLaren, a questão é tirar de seu carro o lastro em formato de ímã que atrai Hamilton aos percalços.

    • “Hamilton apareceria agora como líder do Mundial, com 185 pontos, Vettel viria atrás com 183 e Alonso passaria a ter 181”.

      Quem dera. Nesta hipótese, mesmo que Hamilton fizesse 25 e Alonso zerasse, a diferença ainda seria de 12 pontos, porque ela estava em 37 pontos, ou seja, nunca o Hamilton sairia líder. Mas não vamos ficar pensando nas hipóteses, vide o que o Becken me respondeu.

    • Brilhante análise! Muito boa mesmo, ainda não tinha feito essas contas.
      Tais contas são provas cabais que o talento e regularidade do Alonso somados a confiabilidade de um carro não tão rápido podem sim fazer um campeão.

  29. 1° Tenente Marco Aurélio

    Alguém aí reparou que o Jenson só está a 33 pontos de Lewis?
    Alguém realmente acha que ele deixará o Lewis ser a referência da equipe ano que vem?

  30. Vocês leram uma entrevista do Lewis dizendo que a equipe não identificou o problema nos treinos? Por isso foi tão frustrante e inesperado para ele.

  31. Dig Vigarista versus Finger Boy.

  32. Becken! Se o que vc esta declarando (O Whitmarsh e Paddy detectaram o problema na hora da pane) for verdade, me descupem mas estes Srs. deram outra demonstração de amadorismo na direção da equipe.

    • “…me descupem mas estes Srs. deram outra demonstração de amadorismo na direção da equipe…”

      O carro tem milhões de sensores, Braz, foram estes sensores que informaram o que estava ocorrendo ali, no meio da corrida, onde era impossível fazer algo a respeito. 🙂

      Se houvessem detectado o problema no sábado, a caixa de câmbio teria sido trocada e o Lewis largaria em sexto, o que considerando a tradição de safety cars ali, poderia ser uma posição a lhe dar chances de ao menos chegar à frente de Alonso ou, talvez, até vencer a corrida.

  33. 1° Tenente Marco Aurélio

    Bernie: “Hamilton tinha botado na cabeça que sairia da McLaren”

    Crédito da foto: Divulgação/McLaren
    Chefão da F-1 diz, no entanto, que não sabe se inglês, sem contrato para 2013, mudou de ideia depois de últimos GPs
    Sem contrato para o ano que vem, Lewis Hamilton teria “colocado na cabeça” que não quer permanecer na McLaren, de acordo com o chefão da F-1, Bernie Ecclestone. Porém, sua opinião pode ter mudado após a recente boa fase da equipe de Woking.

    “Não acho que Hamilton saiba o que ele vai fazer. Ele tem ido muito bem nas últimas duas ou três provas. Antes disso, não sei por que estava triste, mas ele definitivamente queria sair de qualquer maneira. Ele botou na cabeça que sairia. Se isso mudou um pouco agora, eu não sei”, afirmou o dirigente.

    Hamilton defende a McLaren desde o início de sua carreira na F-1, em 2007, e tem contrato com a equipe, que o apoiou nas categorias de base, desde os 13 anos. Hoje, tem seu nome ligado a uma possível transferência para a Mercedes, boato que ganhou força depois que o próprio Ecclestone teria dito que Michael Schumacher, cujo contrato também termina neste ano, se aposentaria novamente.

    O inglês, no entanto, negou que tenha declarado isso. “Disse que odiaria perder Schumacher. O motivo para isso foi que me perguntaram se eu sentiria falta dele e eu disse que sim. Ele não sabe se vai embora. Falei com ele e ele disse que honestamente, não decidiu ainda e que me contaria [quando o fizesse].”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *