GP da Itália 2013

Segundo Button, não esperem muito da McLaren este final de semana. Obviamente para nós aqui que, este ano, nos acostumamos a ser coadjuvantes, nada de novo.

Vendo os long runs, realmente nada inspira confiança.

Algo que me deixa estupefato é que Monza é uma das raras pistas no calendário em que não se precisa de um carro assim tão aerodinamicamente eficiente. É preciso força de um belo motor e um bom pacote com baixo arrasto. Só.

Se um carro não é minimamente competitivo nem assim, então…

Ok, se neste final de semana seremos, mais uma vez, irrelevantes, sugiro a vocês voltarem-se às comemorações de 50 anos.

Para celebrar a ‘companhia’ – como assim a chama Ron Dennis – houve um big evento com uma ‘car parade muito bacana no hall do MTC:

Pra complementar, sugiro a vocês lerem a entrevista de Ron Dennis AQUI.
Dennis relembra Hamilton com carinho, Senna com certa paixão e a celebração de 50 anos com pragmatismo:

“2 de setembro é uma mera data, mas tem também, claro, grande significância para a McLaren, mas quem me conhece não se surpreenderá em me ouvir dizer que não sou desses que adora olhar para trás.”

É esta visão focada no futuro e total falta de sentimentalismo que me atém a Ron Dennis.

Ah, e a classificação e a corrida? Well, vou na torcida sofrida pelo meu garoto, o Perez; e de Hamilton pra pole, mas suspeito que ‘Vettédio’ transforme este final de semana em outra festa soporífera.

Meu conselho? Curta a classificação e reze para realmente chover domingo em Monza. Se por lá não chover, aproveite seu domingo dormindo até tarde.

97 Comments

  1. Em clima de comemoração…
    A página do Papaya Orange no Facebook chegou à 100 curtidas! 😀

    Congrats guys!!!

  2. Parabéns Mari e amigos do Papaya!!!
    Ânimo Becken, nessas horas precisamos de todos emanando positividade.
    Acredite cara, bons ventos ao de vir.

  3. Alonso chamando a equipe dele de “idiotas” foi o momento mais emocionante dessa classificação.

    O Checo fez um ótimo trabalho enfiando dois décimos no Button e acho que o carro se comportou bem nessa pista.

  4. Ron Dennis discursando pra galera neste momento, nos boxes, na Festa dos 50. Curiosa a forma como o Checo olhar pra ele:

    checo look

    Ah, Lewis está na festa!

  5. Vou repetir esse comentário:

    André setembro 6, 2013 em 11:51 pm #

    EM PRIMEIRA MÃO NO PAPAYA!

    O próprio Button parece ter se assustado e já destila o seu veneno:

    http://www.totalrace.com.br/site/noticia/2013/09/em-10o-hoje-button-revela-rumor-interessante-alonso-na-mclarenepetir este comentário

  6. Ah, não creio, André. E acho uma pena… 🙂

  7. Alguém tem informaçao sobre o clima de amanha?
    Chuva confirmada ou sera como em SPA?

  8. Revista alemã crava Kimi na Ferrari.
    Fonte: http://www.grandepremio.com.br
    Nao sei nao, mas acho dificil.
    Creio que ficará assim:

    McLAREN – Button e Perez. Perez tem dindin e o Button é a amante do Martin.

    Mercedes – Nao muda.

    Red Bull – Vettel e Daniel.

    Ferrari – Alonso e Massa. O Alonso é cheio de mimimi mas pilota bem e leva o Santander embora se sair e os novos sao todos pagantes e nenhum patrocinador quer colocar a marca em um piloto que tem de se submeter ao que a Imunda faz com os segundos pilotos, caso do Massa.

    Lotus – Kimi e Roman. O Roman tem dindin e o Kimi nao tem p onde ir.

    Duvidas na Sauber, Toro Rosso e Force Indian.

    O que acham?

    • Esquece, Daniel: Eddie Jordan da imprensa inglesa, a imprensa alemã, a italiana e a espanhola – todas elas – já cravaram Kimi na Ferrari ano que vem.

      Só a brasileira tá calada e fazendo média.

      Dizem que o anúncio é na quarta, mas não escapa nestas semanas que antecedem o GP de Cingapura.

      • Se confirmar Becken, vou gostar da noticia. Vai ser muito bom ver o Alonso reclamando no radio e o Kimi respondendo um belo vsf!!! Kkkkkkk

        • Ele reclama e chega na frente parceiro. O espanhol é outro nível, e quem acha que o que aconteceu em 2007 vai se repetir esse ano, vão morder a língua. Vai achando que Kimi vai deixar o Alonso bolado. Os 2 irão se pressionar, mas Alonso é mais piloto que o Kimi, assim como Kimi iria pressionar mais, mas não bateria Vettel na Red Bull, e nem o Lewis na Mercedes.

          • O Kimi nao bateria o Vettel nem o Hamilton assim como o Alonso nao conseguiria tambem.
            A diferença é que o choronso nao suporta a ideia de um companheiro nao trabalhar para ele.
            Vai passar o ano todo reclamando que o Kimi nao o deixou passar, que o Kimi o fechou, que o Kimi nao oferceu vácuo em Monza, que o Kimi nao o limpou quando ele terminou no banheiro…
            Kkkkkkkk
            “Parceiro” voce esta em um site de McLaristas, se nao tem estomago p criticad a imunda…

  9. Realmente, as especulações de pilotos e equipes estão mais divertidas do que as corridas.
    Que corrida morna que foi Monza, com mais um passeio do Vettel, hein? Hunf.

  10. Fernando e Kimi ano que vem na Ferrari. Construtores e Pilotos… tudo nosso!
    Vem que vem com tudo Kimi!
    E parece que a Shell é quem pagará o salário do Kimi, segundo o site http://grandepremio.com.br/f1/noticias/opiniao-gp-ferrari-ousa-se-trouxer-raikkonen-de-volta-e-deixa-massa-com-um-unico-caminho-na-f1 ….

    Independente disso, Rorye Byrne, James Allison, Pat Fry, Fernando Alonso e Kimi Raikkonen! Time de ponta com elementos de ponta! Só falta trazer Adrian Newey, Jean Todt e Ross Brawn, para ganharmos 20 das 21 corridas do campeonato. Muito feliz com esse momento da Scuderia Ferrari.

    Sem contar os novos patrocinadores que estão chegando!

    Forza Ferrari!
    Avanti Fernando!

  11. Vaia feroz contra o Vettel no pódio de Monza. Curiosa a expressão dele; ainda que ele seja um competidor sem misericórdia na pista, me pareceu um menino vítima de buling:

  12. mais um titulo nas mãos de Vettel ! Minha opinião é que destes 4 títulos do veltel 70% vem do hiper carro da RBR , para termos de comparação eu o comparo com Alam Prostt , um bom piloto que com um super carro não e exigido e dirigi até o final com supremacia ,mas quando pressionado por auquen comete erros.
    Alguns podem falar ,mas o Weber tem o mesmo equipamento é não rende a mesma coisa, mas quando ele fásia frente ao Vettel del trabalho é confusões na equipe , a ponto de a RBR a partir dai se dedicar ao Vettel .EX :apenas o carro do Weber ultimamente da problemas ,e o melhor acerto é sempre do Vettel.
    Os carros desta era da F1 são muito sonolentos ,a aerodinâmica limita muito a técnica do piloto já que o acerto mecânico quem á faz são os engenheiros . Com pneus que limitam a velocidade dos carros é dos pilotos , o sistema de DRS tornam as ultrapassagens artificiais.
    Tal vez em 2014 com uma aerodinâmica mais restrita os pilotos possam aparecer mais nas corridas com arrojo é aldacia.
    Em 2008 sem recursos artificiais como o DRS tivemos o campeonato mais emocionante da historia da F1, tínhamos muitas ultrapassagens é disputas acirradas nas corridas.
    Quero uma f1 mais livre mais natural ,se ela hoje é cara em valores então que limite os orçamentos da categoria mais libere as equipes para desenvolverem o que quiserem em seus carros.
    Com os motores turbo mais potentes que os V8 atuais talvez tenhamos mais ultrapassagens mais naturais sem o recurso do DRS ,já que hoje a aerodinâmica é tão forte que praticamente freia os carros nas retas .
    Nesta corrida de Monza que na minha opinião foi muito chata ,tivemos poucas ultrapassagens no circuito que é o mais rápido da temporada, com o carro da RBR fica fácil vencer ate chegar quem sabe a´ mais de 7 títulos .

  13. Apesar de haver discordâncias, acredito que o Kimi é tão piloto quanto o Alonso, senão mais rápido. Possuem estilos diferentes, mas se eu se fosse o Alonso, estaria bem nervoso com a possível chegada do homem de gelo. O finlandês focado é osso duro de roer. Caso a contratação aconteça, vai ser bonito ver o espanhol reclamando o tempo todo, pois vão acabar as regalias.

    • Sim man.
      O2 2 serão difíceis oponentes, por outro lado, a Ferrari será forte concorrente nos construtores.
      As pessoas falam mal do Webber, mas ele é regular nos pontos, e por isso a Red Bull gostaria de mantê-lo. Não é um piloto top dos tops, mas é um Topzinho mediano, e está fazendo uma temporada melhor do que a do ano passado, embora não tenha vencido ainda.
      As regalias do Alonso já acabaram, por isso ele está puto. Está puto e com razão. O carro não evolui direito, as estratégias são furadas, e a concorrência está nadando de braçada. O tempo passa e a paciência acaba. Para ambos os lados.
      As pessoas falam do Santander, como se a Ferrari dependesse desse banco. Não depende, pois é apenas o 3º principal patrocinador da Ferrari, ficando atrás da Philip Morris Marlboro, e da Shell.
      Será um excelente campeonato para a Ferrari, onde 2 pilotos lutarão pela vitória, 1 que reclama e traz resultado, e outro que não reclama e também traz resultados também.
      Em equipe grande, sai um patrocinador e entra outro. Está saindo a Vodafone da Mclaren, e entrará um tão grande quanto, se o Santander sair, entrará outro e por aí vai.
      A chegada de Kimi, é apenas uma das diversas mudanças que a Ferrari está fazendo.
      Felipe já foi, o próximo será Tombazis e Domenicalli.

  14. Kimi deve ser anunciado na quinta feira.
    Bem vindo de volta iceman!

  15. 24 horas para o anúncio do Kimi!!!!
    Vem que é tudo nosso ô da Vodka!
    Ansioso por 2014!!!!!!
    O de construtores é nosso!
    O de pilotos tirem o par ou ímpar, mas deve ficar entre Vettel, Alonso, Kimi, ou Hamilton.

    • Vá com calma, amigão.
      Andam dizendo por aí q a Ferrari tem o motor mais fraco dos 3 para o ano q vem. Esse, inclusive, é um dos principais motivos de o Alonso, por meio de quem o representa, ter ido conversar com a RBR na Hungria. Não me peça a fonte, senão eu responderei: Arial 12. rsrsr

  16. Lotus se sentido “apunhalada” por detrás: rabbit

  17. Gente, vou confessar a vocês que a novela da Ferrari [‘Sonho Escarlate 😀 ] me prendeu do começo ao fim.

    Realmente, acho que a McLaren anda desinteressante, apenas as celebrações de 50 anos me prendem a atenção por que na pista, não geramos ‘news’.

    Ontem tava lendo o discurso do Whitmarsh na festa em Monza e lá vem ele com toda aquela baboseira estatística: Ok, estatísticas históricas são importantes, mas é o futuro que importa. É pra lá que a McLaren deve projetar-se.

    Enfim, a Ferrari é o grande tema do momento e eu não consegui me livrar disto.

    Agora, eu tenho a sensação de que os fãs do Alonso estão com a respiração em suspense: o Kimi é realmente um bloco de gelo psicológico. Ele tá cagando pros xiliques internos e politicagens do Alonso. Ele não será afetado psicologicamente por qualquer ‘mind games’ do espanhol.

    Agora, o contrário — como a gente viu quando o Alonso estava na McLaren com o Hamilton — eu não posso afirmar.

    Outro ponto que paira na mente dos fãs do Alonso é: trazer o Kimi sinaliza que o prestígio do Alonso como líder natural da equipe está sob vigilância porque eu duvido que o Kimi tenha assinado qualquer papel sem a garantia de que ele terá condições exatamente IGUAIS que o espanhol — mesmo porque é ele, Kimi, o homem com mais prestígio lá dentro por ser quem trouxe o último título para Maranello.

    FICHA DOS DOIS
    Kimi venceu uma corrida pela Ferrari a cada 5.8 corridas + título mundial
    Alonso venceu uma corrida pela Ferrari a cada 6.4 corridas

    Talvez a Red Bull domine 2014 também, mas acho que só essa disputa interna já seria o suficiente para trazer certo interesse de volta porque, vamos concordar, a F1 tá chata pra caralho!

    • Tb acho que o Kimi tá evacuando e deambulando para os jogos mentais do Alonso, mas tenho minhas dúvidas se o Alonso engoliu essa chegada do filândes sem exigir umas cláusulas de barreira. Tenho pra mim q o filândes inclusive as aceitou depois que o Marko o barrou na RBR; e, como ele n queria continuar na Lotus por n ter seu pagamento do mês em conta até o dia 5, ele e seu empresário aceitaram se submeter as mazelas do espanhol. Acredito q isso deva ter arrastado um pouco as negociações até agora – ser o piloto nr. 2 sem a humilhação de ser um piloto nr.2. Pois bem, acredito q o Kimi por n ter nenhum pingo de orgulho e muito amor ao dinheiro, fechou com a Ferrari em condições desiguais que foi a única forma do espanhol aceitar outro galo em seu galinheiro. No mínimo o espanhol vai querer os 4 melhores motores (conforme mostra o dinamômetro) para ele; o melhor time de mecânicos para ele, etc.

  18. Admirava Kimi como piloto em 2003, 2004 e 2005. Inclusive, torcia muito pelo piloto inclusive contra o próprio Alonso na disputa do título de 2005. Como eu torci. Piloto arrojado, forte, e destemido. Não ligava apara os números do Schumacher, e sempre que podia, avisava que Schumacher não era melhor do que ele. Ano que vem, terei mais um motivo especial por torcer para a Ferrari: Alonso e Kimi juntos! Que emoção. A Ferrari deu um tapa na cara daqueles que a odiavam, e fez um enorme bem para o esporte. Fez algo que só a Mclaren, até então, tinha coragem de fazer: colocar 2 campeões na mesma equipe. A diferença, é que o nível dos 2 é elevadíssimo, não só de 1. Muito feliz e Avanti Ferrari!

    • Caro 1º Tenente Marco, a Ferrari, não é de hoje, sempre teve um só grande piloto em seu quadro, e um segundo piloto declarado. O que a Equipe fez, ao meu ver, foi colocar mais um galo no terreiro para minar as forças do Alonso, que é um grande piloto enquanto mantém a boca fechada, digo isso levando em conta os pitis do presidente da Scuderia o Sr. “Luca di Montezêmbolo (rsrs)” após as declarações do Alonso. Enfim, estão dando um chega prá lá no Fernando até que o mesmo peça para sair. E caso tenham que priorizar um piloto com peças, assoalho, carros reservas, apostarão no Kiwi SmirnoffIce Man. Nada pessoal, e sempre levando em conta minha opinião.

  19. Eu sou brasileiro, mas essa é demais até para mim. Segundo matérias da internet, a Mclaren é uma das opções do Felipe Massa e haveria até negociações em andamento. Sinceramente, eu não acredito nisso. Se não bastasse o Perez, o Button, agora o Massa. Nada contra o Felipe, mas se isso realmente acontecer, o Martin Whitmarsh deve ser despedido por justa causa….rsrsrsrsrsrs.

    fonte: http://globoesporte.globo.com/motor/formula-1/noticia/2013/09/lotus-sauber-e-mclaren-sao-opcoes-para-massa-analisam-comentaristas.html

    • Na McLaren…??? No lugar de quem…??????? Só se for piloto de testes e levar segredos de Maranello pra lá. Mas,… Kimi na Ferrari era algo tão improvável…

      • Olha, ainda não renovaram, oficialmente, com o Button, então…

        Agora, fiquei surpreso ao saber que o contrato do Button era de apena sum ano por que na renovação de 2011 ele fez uma puta propaganda, com insinuações de ‘multiple years’.

        • Na verdade, os contratos hj nunca são o efetivamente anunciados pq são tantas as cláusulas condicionantes…. Normalmente, é algo do tipo: o contrato será de 2 anos, porém se ao final de um ano, isso, isso ou isso acontecer, qq uma das partes contratantes poderá deixar de cumprir o contrato integralmente sem pagamento de multa. O “isso” a que me refiro acima quase sempre são cláusulas de desempenho, tanto da equipe quanto do piloto. Como a McLaren não ganha porra nenhuma desde q o Botão assinou pela última vez, é bem provável que, se o Botão quisesse e aparecesse algum interessado de peso no seu passe, ele poderia pular do barco no fim desse ano. Entre o Piípi e o Botão, prefiro o 2º.

    • Não dá pra acreditar na mídia brasileira quando o assunto é Felipe Massa.

      Claro que vão citar boas opções pro brasileiro, pra movimentar o assunto e alimentar a esperança dos torcedores.

      Por isso só começarei a dar ouvidos aos boatos quando a informação vir da mídia inglesa.

      Agora, particularmente, eu não conseguirei torcer por uma McLaren que contratou Felipe Massa… Então espero que isso não ocorra jamais!

      Jenson Button já me cansou, mas ainda prefiro o lorde tri-atleta do que o brasileiro sonso.

    • Na verdade a partir de ontem, qualquer equipe, fora Ferrari, Mercedes e RBR são opções para o Felipe Massa, afinal, ele estará desempregado em 2014, até o momento.

  20. Olá mclaristas, acompanho esse blog desde o ano passado. Curto muito o trabalho de vocês… Enquanto fã de fórmula 1 me identifico com a mclaren porque ela privilegia o espetáculo da competição em iguais condições. É ter dois pilotos fortes buscando a vitória e saber que aquele que venceu foi o melhor e ponto final, sem artimanhas, sem “estratégias” que desrespeitem nós fãs da competição.
    Este ano me sinto frustrada com a dupla de pilotos. Sei que o carro não é o melhor, mas acredito que se Hamilton ainda estivesse na equipe, nós teríamos mais momentos importantes a celebrar.
    Depois dessa enorme redação (rs,rs) quero perguntar se há alguma notícia a favor ou contra a permanência dessa dupla insossa de pilotos para o ano que vem.
    O público inglês os veem de forma negativa ou positiva?
    Achei o discurso de de Ron Dennis muito intrigante ao dizer que não tentou com muito empenho manter Lewis Hamilton na equipe.
    E esse diretor de equipe atual me irrita muito ele passa ar de incompetente e acomodado há alguma esperança ou pressão para que ele deixe o cargo?
    Mercedes possui uma dupla de pilotos interessante, agora a ferrari também e a mclarem que sempre projetou grandes pilotos vai continuar com essa dupla medíocre(mediana)?
    Estou curiosa sobre essas questões porque até onde eu saiba nem Perez nem Button tem contrato confirmado para o ano que vem. Então bate a esperança deles “vazarem”.
    Mais uma vez parabéns ao blog pelo bom trabalho que vem fazendo, aliás hoje em dia é mais agradável acompanhar a f1 porque não ficamos reféns das informações “oficiais” passada pela global. Os blogs nos ajudam a compreender o universo dessa competição e este é um excelente.

    • Olá, Nami, bem-vinda e brigadão!

      “…Este ano me sinto frustrada com a dupla de pilotos…”

      Olha, não só você — ainda que eu goste muito do Sérgio!

      “…O público inglês os veem de forma negativa ou positiva?”

      Não detectei reação dos ingleses, mas percebi que os mexicanos andam andam exercitando aquele velho sentimento de vira-lata latino acusando a imprensa inglesa de favorecimento ao Button.

      “…vai continuar com essa dupla medíocre..”

      Sim! O Button não tem contrato, mas provavelmente será renovado! O Sérgio parece ter um contrato mais longo e em vigência.

      Abs

      • Obrigada por responder.. Mas e este diretor, a imprensa inglesa não questiona o trabalho dele? Será que é sonhar demais pensar em ter Ron Dennis como chefe de equipe de novo?
        No ano passado quando Lewis optou pela mercedes, muitos o chamaram de mercenário. Mas não encontro muitas críticas a Button, Perez e o diretor da equipe atual sobre o desempenho da equipe. É irritante a forma com que a imprensa lida com Lewis ou o amam ou odeiam, ou é incrível ou irresponsável, sempre extremistas e no entanto o “trabalho mediano” de Perez, Button e Martin não me parece muito questionado.

        • Eu não creio que Ron Dennis volte como chefe de equipe da McLaren. Ele tem mais de sessenta anos e está concentrado na fábrica de carros esportivos.

          O que se fala é que o Sam Michael está sendo preparado para substituir Martin — mesmo porque se a gente prestar atenção, há um rejuvenescimento dos chefes de equipe.

          Eu gosto do Whitmarsh, mas acho tb que ele não é totalmente culpado pela má forma da equipe, que me parece algo crônico. Parte da sangria de profissionais tem a ver mais com toda a filosofia da McLaren em contraste com o atual ambiente da F1.

          Eu imagino que que, neste momento, seja mais desafiador — e ao que parece mais lucrativo — trabalhar na Red Bull, na Ferrari ou na Mercedes que na McLaren.

          Sobre o Lewis, eu senti que o Whitmarsh foi muito compreensivo e paterno em 2011, o pior ano do Lewis, mas, o estreitamento natural da relação pessoal dele com o Button, acabou por minar o Lewis dentro da equipe — algo que eu considero normal, muito pela persona “superstar’ do Lewis, que atrai fãs e ‘haters babacas’ na mesma proporção.

          Agora, algo que deveria ser questionado, na minha opinião, é a liderança técnica do Button dentro da equipe.

          Faça um exercício imaginário, e vislumbre a McLaren em 2012 sem o Hamilton…

          Seria, mais ou menos, o que estamos vendo este ano porque — vamos ser sinceros — as vitórias e a volta à forma do Button do meio pro fim da temporada, foi totalmente calcada nos acertos que o Lewis achou pro carro. Lembro de ver o Button tomando volta do Lewis no Canadá e acabar a corrida sem saber explicar o porquê…

          Volte a 2009 e veja como Lewis, ainda moleque, pegou uma bomba e evoluiu e ganhou corridas.

          Então, o quanto a má forma da McLaren neste momento deve-se a incompetência técnica do Button e a pouca experiência do Sérgio?

          O que estes caras vão fazer com um carro novo e com motores novos?

          Estes deveriam ser os questionamento a serem feitos pela imprensa inglesa a Whitmarsh, mas quem tem coragem?

          • Pois é Becken ao que parece, a McLaren fechou-se naquilo que pensa que uma equipe de F1 é, e ousou parar de ousar (fui claro?).

            Faz um carro no túnel de vento, gasta milhões em sistemas que simulam condições reais de pista, que nunca chegam sequer próximos à realidade, colocam o Lorde e o Pimenta a pilotar as cegas, sendo que um não tem competência para gerenciar um time e o outro é novato no assunto.

            Resultado, um carro perfeito no papel e ridículo na pista e sem chances de melhorias, pois quem poderia dar o rumo para as atualizações e acertos, fica só de mimimi, deixando de passar corretamente para os engenheiros, as impressões do carro na pista. A partir daí, o engenheiro-chefe da turminha, pega papel, caneta, prancheta e calculadora, se debruça sobre os números da telemetria, se tranca no escritório a 10.000 Km da pista para redesenhar uma pecinha, um assoalho, um difusorzinho, um escapamento… Só que sem base nenhuma de pista, só utilizando a própria experiência e o domínio do assunto que ele traz da faculdade.

            Olham para o Sérgio Perez e não veem o menino que ele é, antes, o agarraram como se ele fosse (e é) a salvação da equipe, devido ao Money que trouxe.

            Uma pena. Uma grande equipe, tomando decisões puramente políticas, estratégicas e financeiras em detrimento do esporte. Vamos ver o que vai mudar com a Honda.

            P.S. e ainda tem o mole do Marshmallow, que é igualzinho ao doce, quando a coisa esquenta ele derrete.

  21. Cara, nao creio que o Button leve dindin p a Mc, deve apenas retirar.
    Creio que o Ruckenberg (nao sei como se escreve o nome dele) tem algum, ou seja, seria muito bom ter o Nico ao invez da amante do Martin.
    Fora Martin p a volta dos bons tempos!

  22. Já q o tópico desandou mesmo… Já pensaram se a Lotus traz o Kubica de volta? Pra quem trouxe de volta um inesperado e desacreditado Kimi há 2 anos atrás… Bem, não duvido de mais nada!

  23. O blog está fervendo! Pena que não é por causa da McLaren…

  24. Tava K (rsrsrs) eu pensando com os meus botões, sobre a atual-conjuntura da Mclaren com esta turma aí (Whitmarshemello-Botão-Ligeirinho) de plantão! Será que este pessoal aí não estaria digamos sendo propositalmente mantidos em vista deste momento de transição que a equipe esta vivendo? Será que Ron & Cia com a chegada da Honda em 2015, não iriam ao “mercado” em busca de um Top-Driver com pretensão de brigar pra valer pelo campeonato? Será este meu raciocínio é plausível caros colegas?

    • Gosto dessa perspectiva parece uma teoria da” conspiração” uma trama em que a mclaren “ressurgi das cinzas como uma fenix”.
      É claro que não podemos pensar tão pequeno a ponto de só culpar o trio de patetas, mas de qualquer forma o papel do dirigente, gestor numa organização é crucial e o piloto é o principal agente motivador da equipe, afinal é ele que duela por posições na pista e representa a imagem da organização para o público. O discurso conformista de Button sempre dizendo para não esperarem muito é algo deprimente e apesar de alguns de vocês gostarem do Perez eu ainda não entendi o porquê contrataram ele como substituto do Lewis. A quem diga ele é inexperiente, novato… para mim são desculpas se o cara não tem capacidade para representar a equipe não deveria ser contratado. Foi contrato ao me ver precipitado e muito “suspeito” a quem diga que é arrojado ao tentar ultrapassar na pista, mas a maioria das suas manobras foram usando um eufemismo insensatas.
      Vi uma entrevista de Lewis em que ele falava que se inspirava em Senna e usou frase +- assim, o piloto tem o dever de tentar ultrapassar, é ver um espaço e tentar ir adiante. Mas o Perez na maioria das vez, não vê o espaço ele quer ser uma espécie de trator e empurrar o outro carro para fora…
      Espero qua sua teoria “Será que este pessoal aí não estaria digamos sendo propositalmente mantidos em vista deste momento de transição que a equipe esta vivendo?”se concretize e acrescento a perspectiva de contratarem o Kevin Magnussen para dar uma dinamizada.
      Parece ser um piloto de extraordinário talento, é da era dos vídeo games. Mas investir na contratação dele pode representar uma imagem melhor para a mclaren que de certa forma”manchou” sua reputação ao optar por um piloto pagante. Será que é sonhar demais querer Kevin Magnussen na equipe?

      • Concordo plenamente com voce! Pra mim, Magnussem é o piloto para 2014.

        • Eu não acredito nessa história de Alonso ir p/ a mclaren, mas seria emocionante Alonso voltar e ter um outro estreante talentoso (Kevin Magnussen) p/ bater de frente com ele. No entanto meu sonho mesmo é ter uma outra temporada em que Lewis e Alonso fiquem na mesma equipe. Acredito que se o angu azedar de vez na ferrari, a “única” possibilidade em uma equipe de ponta é na mercedes. Hamilton adora o desafio e é um dos poucos pilotos a querer o ter o maquiavélico espanhol como “companheiro”. Se isso acontece, teríamos uma outro ano épico como o de 2007.

  25. Braz, se é plausível ou não, não sei. Mas que se fosse verdade eu ficaria muito feliz.

  26. Mas é uma boa observação Braz. Muito provavelmente eles vão querer FAZER IMPACTO com alguma contratação, alguma novidade. Porém, podem TER QUE fazer média com a Honda e contratar um japonês desconhecido… Ou talvez o Kobayashi.

  27. Não sei não gente, com a chegada da Honda, é bem provável que a Mclaren se mexa para se estruturar adequadamente, tanto que contratou o desconhecido engenheiro da Sauber – Matt Morris, mas daí pegunto: qual piloto de peso poderia ser contratado? Será que o problema é só piloto? Eu penso que falta na Mclaren algo em sua engenharia, alguém de liderança e renome. Se eu fosse os dirigentes, seria essa a minha primeira prioridade para que em 2015 tivéssemos as coisas no seu devido lugar. Piloto bom não faz nada com carro ruim e a Mclaren não faz carro descente desde o MP4/22 e 23. Quando o carro é rápido, quebra constantemente e quando é confiável, é lento. Ou seja, há algo de errado nas concepções. Talvez, uma nova cabeça pensante faria algo de bom e mexeria com as bases da equipe. Então, não penso que seja só piloto nossa carência, falta engenheiro de peso também. Todas as equipes de ponta contrataram engenheiros renomados, chegando a ter 3 ou 4 em seu “staff técnico”, porém o que fez a Mclaren? Nada, a não ser perder engenheiros que tem. Por exemplo, Pat Fry, além de ter ido embora, já levou um monte de nossos engenheiros para a Ferrari, Paddy Lowe foi para a Mercedes e assim vai.

  28. Confirmando o que eu disse no post acima, a Ferrari acabou de acertar a contratação do chefe de aerodinâmica da Lotus, Dirk de Beero engenheiro de aerodinâmica. Já a nossa Mclaren, ninguém.

  29. Excelente contratação para a Ferrari: Dirk de Beer.

  30. “Kimi já levando ‘Beer” da Lotus pra Ferrari, hein.” Ashuashuashuashua… Boa Becken! Royalties pra Vc!

  31. Aí Becken!
    Essa é pra vc.
    Andrew Benson perguntou para Edie Jordan o que ele achava do futuro embate entre Raikonen e Alonso na Ferrari.
    Ele respondeu dizendo que Alonso levaria vantagem, no entanto, quando chegar os circuitos em que Kimi for mais rápido, e estiver na frente, não irá abrir passagem para o espanhol. Ele disse que provavelmente Alonso perderá o titulo por causa desses poucos pontos, e que vai ficar tão puto que decidirá rescindir o contrato com a Ferrari.
    Perguntado pra onde ele iria se fizesse isso, Edie Jordan respondeu: “Mclaren Honda”.

  32. Se fosse eu quem contratasse os pilotos da Mc, colocaria uma dupla ano que vem ja pensando em 2015.
    Seria um cara com talento e alguma bagagem e o Magnusen.
    Tipo: Sutil/Magnusen ou Hulkenberg/Magnusen.
    Desculpem se errei a grafia dos nomes, hehehe.
    Quem vcs contratariam?

  33. Esse Jordan!
    Ele acertou muitas, mas essa eu duvido.
    Alonso na Mclaren Honda?
    Acho que o Ron Dennis não o aceitaria nem de graça.

  34. Dois mclaristas no podium de hoje em Hungaroring! 😀

    P1 – Felix da Costa
    P2 – Kevin Magnussen
    P3 – Stoffel Vandoorne

    http://www.worldseriesbyrenault.fr/en/tv_news/news/Pages/DaCostabacktowinningwaysinBudapest.aspx

  35. Hummm… será que é possível dar crédito ao Massa que disse à Globo e ao G. Bueno que o Perez ainda não teve seu contrato renovado?

    Opiniões?

    • Minhas esperanças no Perez ainda nao acabaram, só diminuiram um pouco.
      Mas daí a trocar pelo Massa vai ser demais. O pior é que a chance existe.

    • Mas com a saída da Vodafone, não seria a Claro a patrocinadora máster da McLaren ano que vem? Não creio que o Calos Slim bancará a equipe sem o Pérez lá, ainda mais com a possível volta do GP mexicano no calendário.

  36. Verdade, Wallace. Por isso fiquei confuso.

    Agora, o curioso é que temos o Perez e TAMBÉM o Button sem contratos.

    Não é esquisito?

    O que a McLaren está esperando? Será que o Button deseja um contrato longo e a McLaren um contrato curto?

    Sei lá, mas se isto for verdade, é prova definitiva de como a McLaren está vacilante e sem confiança nos pilotos que tem às mãos, esperando pra ver o que acontece com quem sobra ou, simplesmente, pondo pressão nos seus dois pilotos porque não tem confiança na performance deles em pista

    • Acho que o patriocinio master será P&G.
      E nao querem o Button p 2015 e ele esta precionando para assinar por dois anos.
      O Slim deve ser o segundo patriocinador e estao vendo a possibilidade de se conseguir outro cara com grana.
      Parece que o Magnussen tem patriocinio da Lucozade hein, sei la, mas gostaria demais de ve-lo no nosso carro.
      Apenas acho, por isso nao tem fonte.
      Hehehe

  37. Vou especular! Acredito que a Mclaren não renovou com o Button por divergência de valores. Ele deve estar querendo mais do que realmente vale. Então, diante desse entrave, a equipe deve estar olhando o mercado para ver se não encontra ninguém mais atrativo. Realmente, espero ser verdade, pois com ele não dá para ser feliz. Já o Perez, se não me engano, tem contrato de 2 anos com a Mclaren. Então, segundo matérias, vai ficar até 2014, podendo ser prorrogado o seu contrato. Não podemos esquecer que o mexicano está com o bolso cheio de dinheiro do Sr. Carlos Slim. Então, sua vida é mais fácil.
    Falando bem a verdade, acho que a equipe está toda perdida, pois não temos piloto de alto nível, não temos engenheiros criativos (foram embora) e, pior, não temos uma administração de pulso. Resultado dessa situação: Estamos ferrados. Volta Dennis! Desculpem o meu desabafo.

  38. Assim como eu, vejo que os colegas aqui do papayaorange, vez ou outra externam as suas aflições com o estado-atual da Mclaren. Tenho forte impressão que a origem desta fase-sem-fim de maus resultados foi aquele episódio da espionagem-industrial na Ferrari. A Mclaren de alguma forma, deve esta “pagando pelos seus pecados” à Scuderia até hoje (ou alguém imagina que a Ferrari iria deixar-barato esta história?). Resta saber até quando a nossa equipe vai continuar neste “purgatório”.

  39. Acho que o motivo da Mclaren não ter renovado com o Button, é que não encontrou nele o líder que esperavam. O carro não está bom. OK. Mas acho, e creio, que poderiam ter tido resultados melhores, principalmente com Button.

    O contrato dele, deve ter renovação opcional, por parte da equipe, e do piloto também. Tipo, se Button tivesse tido propostas de equipes como RBR, Ferrari, Mercedes, hoje, ele não renovaria e cairia fora, pelo momento atual da Mclaren. E se a Mclaren tivesse mais opções no mercado ( e teve Raikonen e, Hulkenberg), teria trocado seu piloto britânico. Perez não irá sair agora! Ele detém a chave do dinheiro mexicano.

    O Whitimarsh sofre da mesma coisa que o Domenicalli: os 2 são muito incompetentes.
    Raikonen dando sopa, e o cara mantém Button. Aposto que foi o fator money que tirou Raikonen da parada. Estima-se que Kimi DEVERIA receber 6 milhões de euros da Lotus, e na Ferrari, estima-se que vá receber 20 milhões de Euros, maior que o próprio Vettel, e ficando atrás somente de Fernando e Lewis como os mais bem pagos.
    Whitimarsh não pagaria isso a ele, mesmo porque, estima-se que ele pague 14 milhões para o Button.

    A Mclaren, creio, está sofrendo assim, por causa dos carros de rua. Todo mundo está saindo de lá! Engenheiros, e pilotos. E isso em pouco tempo. Desde que começaram, a comercializar carros próprios. É o que eu acho. E vocês? O que acham?

    • Assim como a Ferrari não precisa de vitórias para vender Macchinas de rua, a McLaren (leia-se Ron Dennis) espera o mesmo, ou seja, ter a F1 como um pequeno braço da fábrica de carrões.
      Mas vamos combinar, que a Ferrari tem pelo menos 1.659 anos de experiência e a McLaren está engatinhando.
      Se a McLaren destinar somente 10% dos recursos para as pistas de F1, teremos resultados significativos lá pelo ano 2.897, ano em que o próprio Bérne Eclestop anunciou que se aposentará.

  40. Braz, respeito a tua opinião, mas não concordo. A situação atual vivida pela Mclaren não é originada do caso de espionagem industrial, mas sim da sua própria administração. Acredito que o gestão extremamente conservadora é a grande causadora desse caos. Para mim, o Martin Whitmarsh até pode ser um bom dirigente, mas não está a altura da equipe. Na sua atual gestão, não fez nada a não ser dar desculpas paras as infrutíferas temporadas. Para mim, falta de tudo um pouco, principalmente ousadia na equipe, que está cega pelo conservadorismo.Em time que está ganhando não se mexe, mas quando não ganha nada, se deve mexer em tudo. É nisso que a equipe peca. Com a chegada da Honda, vamos ver se as coisas mudam.

  41. 1° Tenente Marco, pelo que andei lendo, a Mclaren está vendendo bem os seus carros de rua, principalmente o P1, que está praticamente esgotado. A equipe está expandindo suas concessionárias pelo mercado Asiático, sendo o seu foco o mercado chines. Acho que o culpado por essas “paradas” da Mclaren pode ser realmente os seus carros de rua. Digo isso, pois a empresa pode estar tão focada em seu novo ramo, que pode ter deixado momentaneamente de lado a sua equipe na F1. Vamos lembrar que quando a Mclaren estava construindo o Centro de Tecnologia em Woking, o próprio Newey, ainda engenheiro da equipe, disse que a construção era a “menina dos olhos” do Ron Dennis, que já não atendia a nenhuma das suas solicitações para a concepção dos carros. Então, pode estar aí o culpado pela fase ruim da equipe. Me lembro que li uma entrevista do Ron Dennis onde o próprio disse que o Grupo Mclaren estava crescendo tanto que a equipe representaria somente 10% do todo. Vamos esperar para ver.

  42. Eu tenho que admitir que a Ferrari me parece faminta para vencer — assim como a Mercedes.

    Eles andam movendo os céus para vencer — ao menos esta é a percepção de quem está aqui de fora.

    Acho que o fato de a Ferrari pôr dois cachorros grande como Kimi e Alonso na mesma equipe é uma grande mudança de paradigma dentro da Ferrari, o que me sinaliza que a Ferrari está ido muito além na tentativa de vencer e a gente deve aplaudir isto.

    Sinceramente, não sinto esta fome na McLaren — ao menos na equipe de F1, por isso tendo a concordar com o o Rodrigão ali em cima: há uma enorme vontade de transformar o Grupo em algo muito grande, e isto está tomando energia, tempo e recursos da divisão esportiva.

    • Será que anda existindo uma divisão de dinheiro Becken?
      Tipo, até 2012 o orçamento era X e dava para o ano todo. Em 2013, podem ter diminuído um pouco, porque só isso explica essa queda de um ano para o outro.
      Saíram Lewis e Paddy Lowe. Duas pessoas fundamentais de emprenho e perícia para levar o time para frente.

      Acho que Ron tá tão interessado nos carros de rua, que se esqueceu da equipe.
      Eu também estou vendo, inauguração de várias concessionárias da Mclaren ao redor do mundo. Itália, Rússia, USA, Mônaco, França, China, Japão e por aí vai.
      Nesse quesito, estão utilizando a estratégia da Ferrari: produção de poucos carros, para celebridades. Nessa parte, as celebridades são tipo David Beckam, e vários cantores de RAP americano.
      Sei lá…

  43. Segundo sites, a Mclaren ainda não renovou com o Button. Será que a cúpula da equipe acordou? Tomara.
    O engraçado é ler que o Button disse que a equipe sentiria a falta dele. Não sei de que.

    http://grandepremio.com.br/f1/noticias/ainda-sem-contrato-com-mclaren-para-2014-button-nega-inseguranca-com-futuro-sentiriam-minha-falta

  44. Li em algum lugar que a Mc tem testado suas novas partes na pista as sextas pois os computadores e simuladores estao ocupados com o carro de 2014.
    Alguém sabe informar se continuaremos a levar evoluçoes?

  45. Boas novas enfim! Quem diria que iam dar esse “soco” na cara do Button assim abertamente pra toda mídia (ele deve estar griladão! Ainda mais depois do “eles sentiriam minha falta”). Parece que estão levando muito a sério a parceria com a Honda. Só espero que não venham com a contratação de um japonês qualquer só para fazer média com a montadora, como já foi dito por aí.

    De qualquer forma, mais uma vez digo, estão pensando alto! Talvez a “fome” de vitórias que o Becken ainda não tinha visto esteja aí, camuflada, acontecendo debaixo dos panos. Nós, não podemos esperar nada menos da nossa McLaren.

    Me chamou a atenção a parte do “fosse dentro da empresa”: “O que você realmente quer é talento e alta performance. Nós mostramos no passado que nunca tivemos medo de fazer as mudanças que sentimos que precisávamos na equipe, fosse dentro da empresa ou na dupla de pilotos, visando começar o trabalho.” http://www.grandepremio.com.br/f1/noticias/mclaren-diz-que-manter-button-e-perez-nao-e-prioridade-para-honda-nunca-tivemos-medo-de-mudar

    Talvez seja hora do trio Mari – Becken – Will lançarem um novo post com essas novas.

  46. Fica bem evidente que essa renovação é só por 01 um ano. É balela o Button vir dizer que não queria um contrato além de 2015, para poder ter opções. Há poucos dias atrás, o próprio Button disse que queria estar na transição da Honda, agora diz que pretende estar livre. Por favor, não me façam rir. Ele só está tentando mascarar o próprio desisnteresse que a equipe já está começando a manifestar sobre ele. Quem ele acha que ainda está interessado nele? Fico com a sensação que a equipe já começa a pensar em dar quilometragem para os pilotos Kevin Magnussen e Stoffel Vandoorne, para que assumam os carros da equipe em futuro próximo.

    • Também aposto e torço por Kevin, Stoffel e Oliver. Mas eles ainda estão “verdes” e não faz sentido ter dois rookies na equipe! Sendo assim, quem seria o outro piloto? Alonso? A BBC já levantou essa bandeira…

    • Não sei se é verdade, mas vindo da mídia inglesa… vale a pena prestar atenção!
      Apesar do passado sombrio, a McLaren precisa de pilotos competentes e experientes como Fernando Alonso… não posso negar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *