GP da Bélgica 2015

Preview

Spa, a minha pista preferida do calendário da Formula 1. Local da primeira vitória da McLaren em 1968, e onde a equipe já conquistou o ponto mais alto do podium em 14 ocasiões, sendo a última em 2012.

É muita história pra contar, e muito romantismo em suas curvas. Eau Rouge, a mais famosa delas, que atualmente é encarada pelos pilotos praticamente como reta, com pé embaixo. Viva a aerodinâmica!

E nesse retorno das férias de verão, Spa recebe uma McLaren cheia de novidades. Ou, ao menos, muitos boatos daqueles que estimam melhoras para o MP4-30 e seu motor Honda…

Dizem que o motor Honda já superou o Renault e busca se igualar com o Ferrari. E que para isso a Honda usou 3 dos 7 tokens restantes no ganho de até 25cv. Mas e aquecimento do MGU-K, alguém resolveu? Sem isso a performance do motor continua comprometida, independente da sua potência.

Porém, para isso Alonso perderá 30 posições ( ! ) no grid de largada, 10 por utilizar seu primeiro motor extra e as demais por trocar um monte de outros componentes no carro. Já Jenson perderá “somente” 25 posições, 5 por utilizar um segundo motor extra e as demais assim como Alonso.

De toda forma, os treinos livres serão muito importantes para a equipe de Woking. Pois uma coisa é fato, os japoneses trabalharam arduamente na PU durante as férias.

Além disso, também dizem que irão anunciar Stoffel Vandoorne no lugar de Jenson Button para 2016. Proporcionando um pesadelo em flashback para Fernando Alonso, quando outro estreante da “escolinha McLarista” deu trabalho para o espanhol na temporada 2007.

Mas esse ainda é um terreno fértil para quem gosta de especulação, o que não é o meu caso.

Eu continuo preocupada com a performance do carro, ainda mais em uma pista veloz como Spa, com máximas de 230km/h e mais de 70% do percurso feito com pé embaixo. Aguenta firme Honda!

Os pneus disponíveis nesse fim de semana serão Macios e Médios. Mas em Spa sempre existe a possibilidade de chuva, para inserir mais compostos na estratégia. A princípio está previsto 2 pit stops, mas se um SC entrar cedo na corrida as equipes podem conseguir fazer apenas 1 parada.

Horários

FP1- Sexta 5hs

FP2- Sexta 9hs

FP3- Sábado 6hs

Classificação- Sábado 9hs

Corrida- Domingo 9hs

Treinos Livres

McLaren continua com tempos ruins e devendo 17km/h de velocidade final para a Sauber. Mas marcou a segunda maior velocidade nas curvas de alta, mostrando seu potencial aerodinâmico.

O que mais chamou atenção nos treinos de sexta foi a nova asa traseira que a Mercedes trouxe para Spa, mostrando-se nada acomodada com sua confortável liderança na temporada. Além do show explosivo do pneu traseiro direito de Nico Rosberg ao final do FP2.

No sábado Fernando Alonso fez apenas a volta de instalação e não marcou tempo. E Jenson Button completou somente 12 voltas e ficou a 3 looongos segundos de Lewis Hamilton.

Com a potência do motor acabando antes do final das retas, fica difícil brigar por pontos em Spa… quem dirá em Monza! Já estou sofrendo por antecipação!

Spa 2015 Treinos Livres

 

Classificação

A participação da McLaren acabou cedo demais… sem nem ameaçar entrar na casa dos 49…

Mas pelo menos Lewis fez uma bela pole position, e arrancou uma expressão de admiração de Niki Lauda, quando baixou seu próprio tempo para 1:47.super mega baixo!

Classificação Spa 2015

Pós-Classificação: Kimi Raikkonen trocou câmbio e largou em 17º.

Corrida

Mesmo sem a típica e esperada chuva, a corrida foi à altura da tradição de Spa.

Largada animada, com um rápido Sérgio Pérez se posicionando em terceiro durante a maior parte da corrida. Sebastian Vettel na cola, pronto para assumir a posição quando a Lotus começou a perder rendimento. Até que… a estratégia da Ferrari custou a corrida do alemão na penúltima volta. 28 voltas foi demais, mesmo para o pneu médio, que estourou sem dó.

E assim Romain Grosjean assumiu o lugar restante no podium, junto com as duas Mercedes, isolada 37 segundos a frente – com um Lewis Hamilton imbatível.

A Williams também colaborou para o show, ao errar na troca de pneus de Valteri Bottas, colocando 1 médio e 3 macios. Isso custou um Drive-through para o finlandês, que terminou a corrida com esse mix curioso de pneus.

Mas apesar disso tudo, e muitas quebras e abandonos… a McLaren nem sequer entrou na zona de pontuação. Fernando Alonso e Jenson Button terminaram a corrida na melhor colocação que conseguiram atingir: P13 e P14, respectivamente.

E essa foi só uma amostra do sofrimento que iremos enfrentar em Monza… Preparem o coração, McLaristas!

Corrida Spa 2015

About Mari Espada

Sou arquiteta e ciclista. Mãe do Arthur e esposa do Daniel. Apaixonada por Formula 1 e Doctor Who. Com orgulho: Sou um peixe fora d'água...

10 Comments

  1. Uai, a Honda fez atualização foi para piorar ainda mais o motor?

    Porque depois desse primeiro treino…

  2. Acho que além da falta-de-potência das “Unidades de Potência” da Honda, a própria Mclaren vem tendo dificuldades com o acerto do mp4-30. Acho eu que este ano tá sendo mesmo éh de “laboratório” tanto para a Honda como para a Mclaren. Más se eu fosse da cúpula da Mclaren contrataria urgente o Ross Brawn. Tenho a sensação que falta um comando técnico que organize no todo a equipe. Ah! Não se esquecendo que a Honda também tem de fazer o seu dever-de-casa e mandar-passear o Sr. Aray.

  3. Pelo menos uma notícia boa:

    http://grandepremio.uol.com.br/f1/noticias/piloto-da-casa-vandoorne-arrepia-em-spa-francorchamps-e-conquista-quarta-pole-position-na-temporada-na-gp2

    “Uma pole-position de sinalização do líder do campeonato e campeão virtual, pode-se já dizer, em Spa-Francorchamps.”

  4. EM primeiro lugar, admiro quem torce para a Mclaren há tanto tempo. Vocês são corajosos demais! Eu continuo torcendo por pilotos…
    mas vamos lá. Patética liderança de Eric Boullier em permitir que os carros andem com tanta carga aerodinâmica. Eles só estão bem em curvas porque estão com alta média carga aerodinâmica ( são os únicos)

    Não vejo a hora de alguém acordar e mandar embora Tim Goss e Eric Boullier, Yasuhisa Arai, e o outro inútil que veio da Sauber…

    2019 a Mclaren será competitiva com outra dupla de pilotos.

  5. Penso um pouco diferente. Dever 17km/h com a alta carga aerodinâmica demonstra que o motor está realmente empurrando e que o chassis é muito duvidoso. Esta muito desequilibrado no contorno de curvas e muito arisco.

  6. Só sei de uma coisa: Como tá não pode ficar! Alguma coisa tem de ser feita pra pelo menos a equipe ter um carro decente em 2016.

  7. Braz, minha preocupação já é de ter outro desempenho sem graça em 2016. O salto de qualidade teria que ser grande demais para tentar alguma coisa ano que vem. Parece que será outro ano perdido pra nós torcedores.

    • Caro André! Acho que internamente, a Mclaren e a Honda devem ter um prazo limite pra este estado-de-coisas. Porque isto éh um “suicídio” por tudo que estas duas grandes marcas construíram no automobilismo mundial. Ficar nesta mesma tocada éh pra mim o anti-marketing que poderá ter sérias consequências principalmente para a Mclaren. Creio que até o final de ano, o bom senso diz que haverá alguma coisa!

  8. Tomara que você esteja certo Braz, mas acho que, infelizmente, não será assim…

    Alguém da McLaren (acho que o Boulier) falou há alguns dias que a McLaren não tem um plano B caso a parceria com a Honda não dê certo.

    E sim, você falou bem, tudo isso está manchando a história vitoriosa das duas, sobretudo da McLaren. É o maior anti-marketing que poderiam estar fazendo. Quem vai querer ser o patrocinador titular de um fracasso desses?!
    Já estão até dizendo que a McLaren não vai conseguir bancar o salário do Button e por isso irá dispensá-lo.

    http://grandepremio.uol.com.br/f1/noticias/em-crise-e-sem-patrocinio-mclaren-cogita-dispensar-button-ao-fim-da-temporada-por-salario-fora-do-orcamento-diz-jornal

    Não é o começo, mas o desenvolvimento de uma naniquês!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *